O PT votou contra a reeleição, com isso admite a derrota em 2018. Use isso para entender o prisma com que a esquerda enxerga a derrota que se aproxima.

maio 28, 2015 - 15:06

111111111dilmachorauvo1yb55mO PT votou contra a reeleição! Com isso admite a possibilidade de derrota em  2018. Use isso para entender o prisma com que a esquerda enxerga o futuro e o que a sociedade mobilizada tem conseguido.

Revista Sociedade Militar

Há alguns anos, em 1997, quando o PSDB desejou e aprovou a reeleição, o Partido dos Trabalhadores foi contra. Não por ideologia, já que sempre desejou o poder “perpétuo”, mas por medo do PSDB permanecer por muito tempo no governo.

Hoje a coisa foi bastante diferente.

O PT e aliados somente votaram a favor do fim da reeleição por que há um quase consenso de que a esquerda radical será derrotada nas próximas eleições para o executivo. O PT já pretende garantir que o próximo presidente, que não será petista, não passará mais do que quatro anos no controle do país. O partido parece acreditar que pouco mais de três anos não serão suficientes para reverter a onda anti-petista que varre o Brasil e, antevendo a derrota em 2016 tenta garantir a possibilidade de eleger alguém em 2018. E isso deve servir sim de estímulo para a sociedade que, embora boicotada pela grande mídia, tem ido para as ruas exigir mudanças.

Prezado leitor, ativista na internet, nas ruas, ou em qualquer lugar, a vitória está quase selada, desde que se permaneça no mesmo pique. Ha muito tempo que não se discutia política nesse país, e quando a sociedade resolveu fazer isso foi selado o fim da hegemonia da esquerda.

Donos de um discurso insustentável a esquerda sempre apelou para o quebra-quebra, cuspidas e gritarias. Mas, isso não funciona mais.

Alguns mais apressadinhos devem também se lembrar que não ha indício de que o mundo vai acabar esse ano, ou no ano que vem. Ou de que o PT vai “implantar o comunismo”, como alguns dizem por aí.

Nossas Forças Armadas permanecem serenas e não se curvaram à doutrinas estranhas, como fizeram os companheiros da Venezuela e por isso não ha qualquer possibilidade de que possa acontecer por aqui o mesmo que ocorre por lá.

Estejam tranquilos quanto a isso.

Se for comprovado legalmente que a Presidente participou de falcatruas é obvio que deve-se retirá-la. Mas, isso não é uma batalha fácil de vencer.

É por isso deve-se concentrar esforços, a começar para trocar os membros dos legislativos municipais, depois para trocar os legislativos federais e estaduais.

Lembremos o que o Brasil consciente já tem conseguido com o crescimento da bancada de oposição no Congresso Nacional.

Em menos de quatro anos podemos mudar todo a cúpula política de nosso país. Basta um pouco de organização e sabedoria para fazer isso.

Robson AD Silva – Revista Sociedade Militar //:.

Share Button

Artigos importantes

General diz que não há PERDÃO para o que Jaques WAGNER, atual Ministro da defesa, fez contra as Forç...
A escalada do terror pode se ampliar com base nos textos sagrados.

Comentários