Crise INSTITUCIONAL!

Renan CALHEIROS se nega a cumprir decisão de Marco AURÉLIO MELLO.

Não apreciamos RENAN, mas a a decisão de Marco Aurélio MELLO é notadamente inconstitucional e o MINISTRO do STF sabe muito bem disso. Decisão dessa amplitude só poderia ser monocrática se o STF estivesse em recesso, ou em caso de emergência.

De quebra, se RENAN sair, o MINISTRO, que tem uma filha recentemente escolhida para DESEMBARGADORA e nomeada por DILMA, joga no controle do LEGISLATIVO nacional um PETISTA.

A PARTIR da saíde de RENAN CALHEIROS da presidência do SENADO, se MICHEL TEMER cair no TSE, quem assume o BRASIL é JORGE VIANA.

Ha informações que indicam que os MINISTROS do SUPREMO estão se desentendendo à quatro paredes e que GILMAR MENDES já pensa em pedir o IMPEACHMENT de Marco Aurélio MELLO.

A ministra CARMEM LÚCIA disse no início da semana que cabe ao judiciário pacificar o BRASIL. Mas, parece que a coisa está funcionando ao contrário. O judiciário está é ateando fogo no Brasil.

Revista Sociedade Militar

Share Button

Comentários