Áudio atribuído ao SENADOR RANDOLFE fala sobre intervenção MILITAR e gera apreensão nas REDES SOCIAIS

Áudio atribuído falsamente ao SENADOR RANDOLFE alertaria sobre intervenção MILITAR e gera apreensão nas REDES SOCIAIS

Cresce rapidamente a circulação de áudio atribuído a senador AMAPAENSE que, entre outras coisas, diz que a Ministra Carmem Lúcia pode convocar as Forças Armadas para intervir em caso de renúncia / deposição de Michel Temer. Ouça e tire suas próprias conclusões. Recebemos pelo menos 8 cópias do áudio nos últimos dois dias. Nos últimos dias cresce a divulgação de mensagens falsas com o intúito de gerar alarmismo. Muita gente quer realmente acreditar que o Congresso todo será deposto ou que o país entrará numa situação de caos generalizado, o que não deve ocorrer.

Veja o texto IDIOTAS ÚTEIS DE DIREITA

No áudio o senador "Randolfe", da REDE, teria conversado com vários senadores e entre todos haveria apreensão a respeito da continuidade do mandato dos parlamentares. Teria dito também que "a república acabou" e que o vazamento de informações privilegiadas deram a JBS oportunidade de ganhar BILHÕES, BILHÕES E BILHÕES de reais. No final o autor diz que o caminho no momento seria novas eleições. "deixa o povo fazer a cagada", diz.

Órgão responsáveis negaram que seja possível tal vazamento já que a taxa é determinada na reunião do COPOM e divulgada logo em seguida. O próprio senador Randolfe nega a autoria e o material, por conta da rápida distribuição pela grande rede, mostra o quanto cuidadoso o cidadão deve ser em momentos de crise.

"As decisões do Copom são tomadas apenas durante as suas reuniões e são divulgadas imediatamente após seu término por meio de comunicado no sítio do Banco Central na internet. Portanto, não existe possibilidade de antecipação da decisão a qualquer agente, público ou privado. Sinalizações sobre possíveis futuras decisões são emitidas nos documentos oficiais do Banco Central”

Sites e mensagens CIRCULANDO PELAS REDES sociais "informam" que comandantes militares resolveram não mais se subordinar ao atual presidente da república e que deve haver intervenção militar com deposição de todos os parlamentares. Nada indica que isso deve ocorrer no pais.

Mais uma vez advertimos que as Forças Armadas não se manifestam por outros canais que não os oficiais. Muitas pessoas atualmente se valem da situação complicada do país para espalhar mensagens alarmistas com o claro intúito de disseminar o pânico. Existem extremistas de ambos os lados, esquerda e direita, e a sociedade nesse momento tem que insistir na sobriedade e em divulgar informações corretas para que se tome as decisões mais coerentes.

Testemunhamos atualmente a maior devassa que ja se fez nesse país. Redes de corrupção e corrúptos são revelados a cada semana. Seria irracional esperar que se realize todo o processo instantaneamente.

Dentro dos quartéis a tropa permanece bastante serena e confiante de que o poder judiciário cumprirá o seu papel. O presidente Michel TEMER deve se reunir com os três comandantes das Forças Armadas nessa tarde de sexta-feira (19/05) e em breve divulgaremos aqui novidades. 

Revista Sociedade Militar

VEJA o que se fala dentro dos QUARTÉIS SOBRE A CRISE NO GOVERNO TEMER
Share Button

Comentários