Ação de FORÇAS ESPECIAIS captura líder GUERRILHEIRO com missão de implantar “Líbano BOLCHEVIQUE” na Colômbia

Ação de FORÇAS ESPECIAIS captura líder GUERRILHEIRO com missão de recrutar “soldados” e re-organizar ELN nas imediações de Medelín.

Com base em dados fornecidos por serviços de inteligência o exército da Colômbia preparou operação para capturar um dos principais líderes do ELN (exército de libertação nacional).

A quinta Divisão do Exército foi capaz de definir a localização de José Antonio Núñez Moya, Diego ‘ou’ Matthew’, chefe militar e encarregado de reestruturar o projeto chamado de Líbano – Bolcheviques na aldeia de Los Pinos, no interior da Colômbia, nas proximidades de Medelin.

Os militares de forças especiais avançaram em uma operação de Ação Direta com o objetivo de capturar o líder guerrilheiro.

O exército colombiano acredita que com a captura neutralizou a pretensão de relançamento pelo ELN da frente Bolcheviques – Líbano, no norte de Tolima. A questão lança também novas dúvidas acerca da eficácia da anistia concedida a guerrilheiros das FARC e ELN na Colômbia, ha vários relatos de reorganização.

Revista Sociedade Militar

Share Button

Comentários