Comandante do Exército endossa atitude de GENERAL que barrou juiz em operação no ACRE

Para um bom entendedor um pingo é letra.

Depois de associação de magistrados exigir retratação do Exército no que diz respeito à discussão de general com magistrado do ACRE – em episódio que JUIZ foi impedido de vistoriar presidio onde ocorria operação militar – oficiais generais do exército brasileiro mandam recado bastante claro nas redes sociais endossando a ação do general LEAL, que comandou a intervenção do presídio.

Ao que parece o Alto Comando da Força Terrestre não vai aceitar nenhum tipo de pressão contra militares no exercício das suas funções.

General de quatro estrelas, Antônio Miotto – Comandante Militar da Amazônia, também elogiou LEAL, ressaltando sua firmeza e serenidade diante do conflito.

“Gen Leal, seus elevados valores morais e sua irrefutável ética pessoal e profissional são referências “.

No twitter o General VILLAS BÔAS colocou sua hashtag #OBRIGADOSOLDADO, usada pelo mesmo quando quer elogiar a ação de algum militar da força terrestre.

Muita gente aguardava o posicionamento oficial do exército sobre o episódio. Mas, a publicação nas redes sociais dos elogios ao comandante da operação no ACRE joga por terra qualquer pretensão de punição contra o general LEAL ou qualquer de seus soldados que impediram o magistrado de entrar no presídio.

A ação de VILLAS BÔAS, de endossar a atitude do subordinado, que cumpria ordens e zelava pelo bom andamento da missão, é digna de grande chefe militar e foi elogiada por vários militares da ativa e reserva.

VEJA / OUÇA o áudio: DISCUSSÃO entre GENERAL e JUIZ no ACRE – Magistrados querem retratação

Revista Sociedade Militar

Share Button

Comentários