fbpx
Forças Armadas

Terrorismo existe. É preciso desenvolver uma consciência nesse sentido.

terrorismo bruxelas br006A mídia brasileira, abarrotada de informações sobre o “terrorismo” politico que ocorre no país não encontra espaço para divulgar dados como esse.

Operação policial em bairro de Bruxelas nessa terça-feira resultou num cerco a um apartamento e em grande tiroteio. Um homem foi morto na ação, confirmou a procuradoria federal belga, e quatro policiais ficaram feridos sem gravidade.

As buscas no bairro de Forest estão relacionadas com os atentados de Paris do dia 13 de novembro e acabaram terminando no tiroteio que terminou perto das 19:30.

Cerca de duas horas mais tarde a procuradoria belga divulgou nota anunciando que a investigação “continua ativa, de dia e de noite”. Nada mais foi informado.

A polícia esperava que o apartamento estivesse vazio no momento da incursão. Os primeiros tiros contra os polícias teriam sido disparados através da porta de um dos quartos, onde se abrigou um número ainda não informado de suspeitos.

Ainda não é conhecida a identidade do homem que foi morto na troca de tiros com a polícia e ha informações de suspeitos empreendendo fuga.

A procuradoria federal belga confirmou que as buscas estão relacionadas com os atentados de 13 de novembro passado na França, onde faleceram 130 pessoas. A investigação dos atentados revelou que estes foram planeados na Bélgica, em subúrbios de Bruxelas, e 11 pessoas já foram identificadas e acusadas na investigação.

A polícia ainda não confirmou. Mas, aparentemente o suspeito morto portava um rifle de assalto.

Um dos principais suspeitos ligados ao atentado é o francês Salah Abdeslam que vivia em Bruxelas, no bairro de Molenbeek. O porta-voz da procuraria federal belga, Eric Van Der Sypt, já afirmou que, embora ainda não se tenha certeza da identidade do homem morto na operação desta terça, “… não se trata de Salah Abdeslam”.

Revista Sociedade Militar

Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Mais acessados da semana

To Top