fbpx
POLÍCIA - SEGURANÇA PÚBLICA - GUARDA MUNICIPAL

Caso Pancadão – Polícia atacada, inofensiva algazarra da garotada. Veja o que personalidades e políticos falam sobre o caso e aproveite para deixar a sua opinião

Compartilhe

Caso Pancadão – Polícia atacada, inofensiva algazarra da garotada. Quem é o culpado? Veja o que personalidades e políticos falam sobre o caso Deixe sua opinião

A versão dos moradores diz que policiais militares invadiram o Baile da 17, o mais famoso da região, por volta das 2 da manhã, e teriam encurralado os jovens nos becos e vielas da comunidade com bombas e balas de borracha, nove jovens morreram.

Policiais contam a coisa de outra forma. Segundo dizem, um grupo de policiais da Rocam (Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas) resolveu abordar na avenida Hebe Camargo uma motocicleta, por ser bem parecida com uma moto que teria sido usada num ataque contra policiais de trânsito alguns dias antes. Os dois ocupantes, então, teriam atirado contra os PMs e, ao serem perseguidos, entrado no Baile da 17. Daí a coisa fugiu do controle.

Alguns, mais profundos em sua análise, avaliam que a discussão já deveria ter ultrapassado em muito se a culpa é simplesmente dos policiais que atuaram na ação. O fato é que o “movimento” no local é completamente ilegal e que se jamais deveria ter acontecido o baile, a morte de nove pessoas e – antes – a ação supostamente desajeitada dos policiais e crimes que ali ocorrem rotineiramente, têm um responsável por trás de alguma mesa em um escritório climatizado do governo de São Paulo.

Opiniões

Sargento FAHUR, militar de direita, deputado federal

“Já viu Polícia fazendo batida em bibliotecas, teatros, centro de estudos, igrejas? Não? Então leva teu filho lá. Bem melhor que deixar ir no pancadão, e depois ir no velório dele. Não gostou? tudo bem, mas é um fato.”

Coronel Tadeu, militar, deputado federal

“Por determinação do governador Dória a polícia militar deixa de combater o tráfico de drogas para fazer segurança de baile funk, o famoso pancadão. Cedo ou tarde nós vamos descobrindo de que lado os políticos estão.”

Guga Noblat – jornalista

Doria conseguiu a proeza de criar a operação Pancadão que em 11 meses promoveu 7,5 mil operações pra inibir bailes funk em comunidades carentes, a polícia gastou a grana do contribuinte e o tempo dela pra cagar regra em festa de pobre e apreender punhado de drogas, q desperdício.”

Capitão Derrite – policial militar – político

“Não admito que hipócritas, sem conhecimento de causa, venham vomitar ofensas contra a polícia militar paulista!! Os culpados pelo ocorrido em Paraisópolis estão comemorando essa inversão de valores e combinando o próximo pancadão! Agora serão defendidos pela mídia esquerdista!!”

Raquel Sheherazade – jornalista

“Você PODE não gostar de funk. Tudo bem, afinal, gosto não se discute. Você PODE não gostar de pancadão. Eu também não. O barulho dos bailes, a algazarra da garotada incomoda? Não duvido e até te entendo. Mas você NÃO PODE comemorar a morte de jovens da favela.”

Cidadão não identificado

“Vocês não sabem o que é ter um pancadão na sua rua se alguém passar mal em sua casa já era meu amigo, fora o cheiro da erva queimando, os pinos jogados na rua, sexo tem até fila com a mesma novinha, imprensa corrupta.”

9 pessoas morreram no caos ocorrido no PANCADÃO de Paraisópolis. Na sua opinião de quem é a culpa?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Revista Sociedade Militar

Compartilhe
Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Mais acessados da semana

To Top