fbpx
Forças Armadas

Luto na MARINHA do Brasil – Sargento morre assassinada no Rio e em Santos elevador despenca com familiares de suboficial

Compartilhe

Luto na MARINHA do Brasil – Sargento morre assassinada no Rio e elevador despenca em Santos com familiares de militares

Os últimos dias de 2019 ficarão marcados como de grande tristeza para a família naval. No Rio de Janeiro uma sargento morre após tentativa de assalto e em Santos uma esposa de suboficial e familiares morrem após um elevador de prédio administrado pela Marinha do Brasil despencar de grande altura.

Sobre o acidente com o elevador a nota em jornais locais de Santos foi a seguinte

“Quatro pessoas da mesma família morreram após um elevador despencar do nono andar de um edifício da Marinha em Santos, no litoral de São Paulo, na noite desta segunda-feira (30). De acordo com o Corpo de Bombeiros, não havia mais ocupantes no interior da cabine no momento do acidente.” O endereço é Rua Guararapes, no bairro Vila Belmiro. 

Nota da MB. A Marinha do Brasil, por meio da Capitania dos Portos de São Paulo (CPSP), informa com pesar a ocorrência de acidente com o elevador do Edifício Tiffany, Próprio Nacional Residencial de militares na cidade de Santos, que lamentavelmente vitimou a esposa e mais três familiares de um militar que serve na CPSP.

O Capitão dos Portos de São Paulo e a Tripulação da Capitania transmitem as condolências aos familiares e amigos pela inestimável perda. A Marinha está dando todo o suporte possível às famílias. O respectivo Inquérito Policial Militar será aberto para apurar o ocorrido.

Sobre a sargento assassinada em São Gonçalo – RJ

Segundo apurado a tentativa de assalto teria ocorrido em Vila Três, São Gonçalo – RJ. Na tarde dessa sexta-feira, quase cinco da tarde vários tiros foram ouvidos. A Sargento Daniela, uma das duas mulheres alvejadas, residia em um condomínio residencial perto de onde tentaram assaltá-la, a militar teria tentado dar marcha à ré no automóvel, mas acabou caindo em um desnível na rua. A militar, casada e com um filho de 7 anos de idade, era sargento e servia em uma unidade de saúde na Base naval de Mocanguê, que fica na ponte RIO NITERÓI. Outra senhora que estava no automóvel também foi atingida e está no hospital.

Lamentamos muito e expressamos nossos sentimentos para familiares e toda a família militar.

Revista Sociedade Militar

Compartilhe
Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Mais acessados da semana

To Top