Geopolítica / Religião.

Faltam ABSORVENTES. Argentina virou Venezuela. O próximo da fila é o BRASIL? Produtos de higiene pessoal normalmente são os primeiros a desaparecer dos mercados.

corridasportampones00Faltam ABSORVENTES. Argentina virou Venezuela. O próximo da fila é o BRASIL? Produtos de higiene pessoal normalmente são os primeiros a desaparecer dos mercados.

A corrida dos “TAMPONES”

Se você for um argentino e viajará para outro país o principal pedido de amigas será “traga tampones, por favor”.

O secretário de comércio argentino criticou a imprensa e disse que as mulheres tem comprado exageradamente os “tampões”.

Como aqui, o governo é sempre a vítima. Nunca o culpado.

tamponese_2015-1-13_23-49-2_No-00Como seria de se esperar, tem sido divulgado na Argentina o vídeo gravado por um programa de televisão venezuelano, do tipo, Hoje em Dia ou Ana Maria Braga. O programa ensinou as mulheres a confeccionar um absorvente caseiro. Basta enrolar uma toalha, pode ser coloridinha …

Seria bom as brasileiras já começarem a aprender?

Enquanto aprende a confeccionar o absorvente caseiro a espectadora tem uma aula de socialismo e descobre que usar uma toalha caseira ajuda muito com a implantação do bolivarianismo porque  “é mais conveniente porque é pano”, e é reutilizável não colaborando com “o ciclo de negócios do capitalismo selvagem”.

Tai a dica para mulheres esquerdistas. Absorvente caseiro ajuda a combater o capitalismo.

O copo menstrual já tem sido divulgado como opção também plausível, já que é reutilizável, e dura até 10 anos.tampopnecopo

Este copo é feito de silicone cirúrgico, sendo, portanto, hipoalergênico, maleável, dura até 10 anos, sendo mais higiênico e mais seguro. Além de não causar incômodos e não vazar, dispensando o uso do absorvente diário.

10 unidades de OB são vendidos por 100 dólares no “mercado negro” na Argentina.

Informações de http://tn.com.ar/tags/falta-de-tampones

http://sociedademilitar.com.br

Mais acessados da semana

To Top