Militares “encapuzados” viram notícia. Que absurdo.

Militares “encapuzados” viram notícia. Que absurdo. 

Recentemente um militar em ação no Rio de Janeiro foi assassinado, essa semana outro foi alvejado. Os militares das forças armadas no Rio já são vistos como inimigos pela bandidagem.

Uma imagem foi divulgada em jornais cariocas nesse sábado, ela mostra militares do Exército transportados em um caminhão. Os militares estão de óculos escuros e alguns usam capuzes. O Comando Militar do Leste disse que os militares de fato estariam: “em atitude inadequada quanto à utilização do uniforme” e que “o Exército afirmou ainda que está tomando as medidas administrativas adequadas para o caso”.

Será um crime tentar esconder a própria identidade ao trafegar por uma cidade repleta de marginais, em que o inimigo transita em meio à população?  Todos os dia percebemos no Rio policiais … LEIA MAIS

Forças Armadas

Militares “encapuzados” viram notícia. Que absurdo.

As autoridades relutam em admitir. Mas, infelizmente o país vive uma guerra interna. Em nenhum momento de nossas vidas esperávamos que nossos soldados tivessem que combater em nosso próprio solo. Talvez o inimigo maior, mais ainda que os traficantes e outros marginais, sejam os políticos corruptos e egoístas, membros da corja que ocupa o poder nesse país.

campo de batalha38572049170112_n

Militares “encapuzados” viram notícia. Que absurdo. 

Recentemente um militar em ação no Rio de Janeiro foi assassinado, essa semana outro foi alvejado. Os militares das forças armadas no Rio já são vistos como inimigos pela bandidagem.

Uma imagem inquietante foi divulgada em jornais cariocas nesse sábado, ela mostra militares do Exército transportados em uma viatura. Os militares estão de óculos escuros e alguns usam capuzes.

1militarestocaninja-WA0027Será um crime tentar esconder a própria identidade ao trafegar por uma cidade repleta de marginais, em que o inimigo transita em meio à população?  Todos os dias percebemos no Rio policiais militares ou civis encapuzados, usando as conhecidas “toucas ninja”, e entendemos que é uma precaução para que não sejam identificados e acabem colocando suas vidas e de suas famílias em risco.

Ainda que a fotografia seja de má qualidade, pelo armamento portado acreditamos que se trata de alguma tropa de elite. Grupos especiais das Forças Armadas tem como regra o sigilo em relação a identidade. Veja abaixo esse FN, em patrulha na MARÉ.

fn_8907386720218738280_nO jornal EXTRA, do Rio chega a publicar extrato do Regulamento do Exército, que diz que: “é proibido alterar as características dos uniformes, bem como sobrepor, aos mesmos, peças, insígnias ou distintivos, não previstos” na regulamentação.

Imaginemos o contrário, que a fotografia divulgada nos jornais mostrasse os militares sem máscaras, ou pelo menos sem um óculos que dificulte a identificação. Seria possível que um daqueles soldados fosse identificado pelos marginais nas proximidades de sua residência e fosse “sancionado” pelos mesmos. Afinal, no Rio de Janeiro os militares Federais já tem atuado há bastante tempo na segurança pública.

Os meios de comunicação deveriam ter mais o que fazer do que divulgar esse tipo de informação, que mais atrapalha do que ajuda.

E esse cidadão que teve o trabalho de registrar o fato e enviar para os jornais pretendia o que? É certo que ao primeiro sinal de perigo ele certamente correrá pra perto de um soldado ou de um policial pra lhe proteger.

Caso se tratasse de uma viatura da polícia dificilmente o cidadão faria isso, com medo de tomar uma dura e ser inquirido sobre os motivos pelos quais estava registrando imagens de uma viatura policial e de membros das forças de segurança.

O Comando Militar do Leste disse que os militares de fato estariam: “em atitude inadequada quanto à utilização do uniforme” e que “o Exército afirmou ainda que está tomando as medidas administrativas adequadas para o caso”.

Robson A.D.Silva – Revista Sociedade Militar.
Imagem de Redes SOCIAIS.

Mais acessados da semana

To Top