Geopolítica / Religião.

Obama lamenta não ter ido à FRANÇA. Casa Branca diz: “nós erramos”.

Obama lamenta não ter ido à FRANÇA. Casa Branca diz: “nós erramos”.

O presidente Barack Obama declarou hoje que gostaria de ter participado das manifestações que ocorreram na França, mas infelizmente não foi possível por conta do tempo necessário para o aparato de segurança e o incômodo que causaria aos outros participantes.

Em nota oficial, em tom de desculpa, a Casa Branca declarou:  ” é justo dizer que deveríamos ter enviado alguém com um perfil mais elevado para estar lá”.

O representante norte-americano foi o embaixador Jane Hartley.

40 líderes mundiais e cerca de 1.5 milhões de pessoas participaram dos eventos em repúdio aos atentados seguidos que vitimaram repórteres e policiais.

No entanto, a presença de tantos líderes mundiais não empolgou a multidão, e muito menos a mídia internacional. Muitos dos presentes não realizam na prática atos relacionados a implantação da paz mundial, como o premiê turco, Ahmed Davutoglu e o chanceler russo, Sergei Lavrov.

Muitos americanos reclamaram do fato de que Obama e seu vice permaneceram desocupados no dia da marcha. Obama passou o domingo na Casa Branca sem eventos públicos em sua agenda e o vice-presidente Joe Biden estava em casa em Delaware, também com uma agenda pública sem eventos.

O Brasil foi representado pelo embaixador José Bustani, que é diplomata de carreira e já presidiu a Organização para a proibição de armas químicas.

Robson A.D. SILVA. http://sociedademilitar.com.br

Mais acessados da semana

To Top