Destaque

Lula tenta criar cartão de crédito vinculado ao PT, mas foi vetado pelo TSE. O partido está a míngua e implora pelo dízimo dos militantes. Marcello Reis foi surrado.

Cartão de crédito do PTLula tenta criar cartão de crédito vinculado ao PT, mas foi vetado pelo TSE. O partido está a míngua e implora pelo dízimo dos militantes. Marcello Reis foi surrado.

“Militante precisa ter a obrigação de dar uma pequena doação ao seu partido”, disse Lula.

Em seu discurso no congresso do PT, na Bahia, só faltou LULA dizer: “não deixem de contribuir, por que se não o fizerem podem perder as facilidades do clube ”. O ex-presidente claramente focou o seu discurso em convencer a militância a “oxigenar” o PT, que cada vez mais perde “investidores”, já que os esquemas de corrupção um a um vão sendo desmascarados. Contudo, não nos enganemos, o partido tem cartas na manga e verbas vêm de onde menos esperamos.

revoltados-00Lula fez ainda alusão a Marcello Reis, sem citar seu nome. Disse que “Pode ter até desaforado que acha que pode vir pra ‘avacalhar’ o congresso do PT”.

O ex´presdente conseguiu o que parecia desejar, instigar o ódio de seu povo contra o líder do Revoltados.

Marcello Reis naquela mesma noite foi surrado dentro do Hotel onde os petistas se hospedam.

Durante o discurso, Luis Inácio exibiu um cartão de crédito com seu nome e a bandeira do PT. Ele contou que o partido ficou anos negociando com o Banco do Brasil para lançar o cartão de crédito, mas que a iniciativa – que geraria verbas importantes para o partido sob a forma de arrecadações a cada transação – foi vetada pela Justiça Eleitoral.

Revista Sociedade Militar

3 Comments

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Mais acessados da semana

To Top