Forças Armadas

Generais determinaram prontidão SIM. Qual o problema nisso?

Generais determinaram prontidão SIM. Qual o problema nisso?

Recebemos uma tonelada de emails e comentários de gente que se diz “democrática” reclamando de que alguns quartéis do Rio e São Paulo mantiveram nessa sexta-feira um estado de prontidão e que isso podia ser alguma tentativa de intimidação.

Sim, é verdade, isso não é segredo, militares permaneceram de sobreaviso, alguns em casa e outros em organizações militares. E acrescentamos ainda que GENERAIS avisaram alguns governadores e outras autoridades de que estariam prontos para entrar em ação se ocorresse grandes tumultos e as forças de segurança locais não conseguissem restaurar a ordem.

A própria Revista Sociedade Militar deixou bem claro que as Forças Armadas entrariam em ação se fosse necessário. Outros veículos, como o Globo e Antagonista também mencionaram o estado de sobreaviso.

O Estatuto dos MILITARES diz: “Art. 2º As Forças Armadas, essenciais à execução da política de segurança nacional, são constituídas pela Marinha, pelo Exército e pela Aeronáutica, e destinam-se a defender a Pátria e a garantir os poderes constituídos, a lei e a ordem.

Há algo de errado nisso? Ha algo de errado em estar pronto para agir?

RE-PE-TI-MOS: A finalidade constitucional dos militares das Forças Armadas é a garantia dos poderes constituídos e da lei e ordem. Portanto, é muito provável que no próximo dia 13 também exista uma tropa de sobreaviso, e isso não significa que alguma autoridade acha que vai ocorrer tumultos, significa apenas que as Forças Armadas se antecipam à situação.

Deveriam reclamar do fato dos líderes de esquerda cobrar uma “reação nas ruas”. Deveriam reclamar da militância paga agredir profissionais de imprensa e quebrar seus equipamentos. Deveriam reclamar de seus líderes que se apropriam do bem público e o usam em proveito próprio e da sua eternização no poder.

Alguém perguntou: _ e se houver tumultos incontroláveis e Dilma proibir os comandantes de agir? Respondemos: Isso dificilmente ocorreria. Mas, se assim for, a Presidente provavelmente será ignorada, pois a finalidade constitucional está acima de qualquer político.

Revista Sociedade Militar

3 Comments

3 Comments

  1. Ezequiel

    11 de março de 2016 at 4:19 pm

    O POVO CLAMA O RETORNO DOS MILITARES A LIDERANÇA DESTA NAÇÃO, NOSSA BANDEIRA BRASILEIRA, CHORA POR TANTA DISCREDIBILIDADE INTERNACIONAL, TANTO ROUBO, TANTA CORRUPÇÃO E TANTA REPRESENTAÇÃO ARTISTICA NO GOVERNO DE NOSSO PAÍS E DOS ESTADOS QUE O COMPOEM !!!! GENERAL É COM O MAIOR RESPEITO E CUIDADO QUE SOLICITAMOS UM BASTA !!! O POVO BRASILEIRO É UM POVO SOFREDOR E NÃO MERECE MAIS SOFRER !!!! AINDA MAIS POR UM HOMEM QUE DIZ QUE POBRE QUANDO ROUBA VAI PARA A CADEIA E RICO QUANDO ROUBA VAI SER MINISTRO !!! PALAVRA DO LULA !!!!!

  2. Ezequiel

    11 de março de 2016 at 4:13 pm

    NO MOMENTO ATUAL, NÃO EXISTE LEI E NEM ORDEM; O MINISTÉRIO PÚBLICO SOLICITA A PRISÃO DE UM POSSIVEL LIDER DA FACÇÃO CONTRA A PÁTRIA E ELE É AGRACIADO COM A VISITA DA PRESIDENTE DA REPÚBLICA E AINDA FAZ CHACOTA COM A JUSTIÇA DE NOSSO PAÍS !!!!! LULA ESTA PENSANDO O QUE ? QUEM ELE PENSA QUE É ? PARA MIM UM CORRUPTO, LADRÃO, CHEFE DAS FACÇÕES QUE DEVERIA ESTA NA CADEIA OU NO NAVIO !!!!!!!!!!!!!!!!!!! SOU MILITAR E AGUARDO ORDEM PARA RETORNAR A ATIVA PARA CAÇAR ESTES BANDIDOS !!!!

  3. Rogerio S. Max.

    9 de março de 2016 at 3:43 pm

    Muita conversa . Quero a ação imediata. Se comunista ou ladrão seu lugar é na prisão . Com militar assumindo ou não a Nação . O que ainda estão esperando.? Eles fugirem . Já vi uma reportagem a respeito de um avião venezuelano encostado ai.

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Mais acessados da semana

To Top