Artigos de MILITARES

“TRESLOUCADOS”! INTERPRETAÇÕES da declaração do Comandante do Exército por outro GENERAL

general villas boas sentado no chão

"TRESLOUCADOS"! INTERPRETAÇÕES da declaração do Comandante do Exército por outro GENERAL

As recentes declarações do Comandante do Exército causaram bastante polêmica no mundo jornalístico e redes sociais. A maior parte dos chamados intervencionistas, ou militaristas, passaram a odiá-lo, chamando-o de "comunista" e "melancia". O militar disse que as pessoas que pedem intervenção militar são tresloucados. Contudo, há quem encontre nas citadas declarações "implícitos" e "sutilezas" que indicariam que as Forças Armadas estariam se preparando para agir e assumir o controle do BRASIL.

Veja o texto do General de Divisão Torres de Melo, presidente do Grupo Guararapes.

O general de Exército VILLAS BÔAS, comandante atual do Exército, foi entrevistado pelo Jornal ESTADÃO e afirmou: “Diz o general que seria “zero” a chance de ocorrer a tal “intervenção militar”. Que grupelhos fascistoides almejam, mas, ao longo da entrevista, por várias vezes ele deixa claro que essa chance está longe de ser inexistente. Há chance, sim, e nem chega a ser tão pequena, pela lógica dele.

Esta entrevista causou frisson no meio jornalístico e político. Críticas fortes ao general, que com sua atitude firme, disse o que muita gente gostaria de ouvir.

As Forças Armadas Brasileiras de 1930 para cá só entrou no campo político quando foram chamadas pelo povo para resolverem confusões criadas pelos brasileiros civis, colocando em perigo a vida da população. O ódio no campo politiqueiro só causa desgraça. O livro TENENTES DE PEDRO DORIA é uma grande lição.

Em 1964 as Forças Armadas salvaram o Brasil de uma desgraça. Colocaram ordem no país, construíram rodovias, hidroelétricas, portos, etc. e não roubaram como os “SALVADORES DA PÁTRIA ESQUERDISTAS” DE HOJE. Diziam que queriam O PODER para dar liberdade ao povo. Mataram, assaltaram, roubaram e estão presos por vários crimes e desgraçaram o  País.

Nós, Forças Armadas, estamos ajudando o nosso Brasil, garantindo eleições, fazendo a segurança para os grandes eventos, ajudando nas calamidades, levando água a quem tem sede no Nordeste e continuaria como o senhor colocou, cumprindo com o nosso Dever e não pensando em intervenções ou revoluções.

Este, que escreve estas linhas,  ouviu do grande marechal Juarez Távora o seguinte: “Não façam revoluções”. Foi nos dito quando ele fazia sua campanha para presidente da República e passando pelo Ceará fui apresentado ao mesmo pelo meu pai. Ele sabia o que estavam dizendo.

O General quis afirmar que as FA estão ao lado povo e a ele pertence. Somos uma Instituição do Estado e não servimos a homens e sim ao País. Cabem aos três poderes da República  resolverem o ANGU QUE CRIARAM. Nós cumprimos a CONSTITUIÇÃO.

Nós, ativa e reserva, estamos olhando a evolução política e tristes pela podridão praticadas por falsos brasileiros. A reserva é uma Força de cidadãos que amam o Brasil e não praticaram roubos. Os da ativa são brasileiros que amam a Pátria e cumprem com o DEVER.

Recebido por Email do General Torres de Melo

Revista Sociedade Militar

Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Mais acessados da semana

To Top