Depois de ser recebido por MULTIDÃO em Belém Bolsonaro fala sobre intervenção militar

Depois de ser recebido por MULTIDÃO em Belém Bolsonaro fala sobre volta dos militares ao poder 

Bolsonaro cada vez mais se levanta como uma assombração para a esquerda como um todo. Esquerdistas de todos os vieses, de radicais a moderados, enxergam o parlamentar e pré-candidato a presidente do Brasil como única força política atual capaz de derrotar Luiz Inácio nas urnas. Alguns chegam já a admitir que se Lula for impedido de se candidatar a coisa está perdida

A técnica a princípio era na medida do possível não mencionar o “MITO” em nenhum grande veículo, ou soltar apenas pequenas notas, sempre negativas. Mas tudo isso cada vez mais se torna inviável, na medida em que o nome Bolsonaro cresce nas pesquisas de opinião há demanda por informações a seu respeito.

Mesmo aqueles eleitores que não enxergam em JAIR BOLSONARO possibilidade de dialogar com o Congresso Nacional já apostam que a coisa pode dar certo já que sua eleição tende a vir acompanhada de uma renovação do legislativo federal.

Morador do Bairro do MARCO em Belém do Pará e militar na reserva Augusto diz: “creio que é dificil para qualquer presidente honesto governar nesse país, com Bolsonaro não será diferente, mas já temos nomes para renovar o congresso… vamos lutar.. .toda minha família e amigos estaremos empenhados“.

O deputado-militar já têm uma lista seleta apoio a pré-candidatos a deputados federais. Grande parte é formada de militares, familiares de militares e membros da segurança pública, entre muitos a Revista Sociedade Militar cita Kelma Costa, que por ser dura defensora da família e do saneamento na política já é conhecida em Minas Gerais pelo bem humorado apelido de Bolsonaro de Saias. Outro político ligado a Bolsonaro é Éder mauro, que patrocinou vários outdoors anunciando sua visita à Belém do Pará

Grande parte dos militantes pró-Bolsonaro são também defensores da intervenção militar. Mas logo avisam que não é incoerência, para eles Bolsonaro implantará no Brasil pilares adotados pelas Forças Armadas como patriotismo, honestidade e meritocracia. O próprio deputado já disse que alguns dos seus ministros serão militares, incluindo aí os ministros da Educação e da Defesa.

Em Belém, cidade lotada de romeiros, Jair falou sobre os recentes ataques contra as crianças brasileiras. “O Brasil precisa que a inocência das crianças seja respeitada. Esses vagabundos que fazem exposição com crianças passando a mão em homem nu devem ir presos. Eles pregam pedofilia“, Bolsonaro disse ainda, sobre os militares: “voltarão ao poder pelo voto”.

Em Belém o Jornal O LIBERAL, ligado às organizações GLOBO, não teve como omitir o fenômeno Bolsonaro e estampou imagem da carreata feita em sua homenagem.

Revista Sociedade Militar

Share Button

Comentários