Maria do ROSÁRIO gasta dinheiro público com postagens e busca de menções a seu nome

Uma simples postagem em redes sociais ou uma busca com Google em menções a seu próprio nome são atividades que cidadãos comuns fazem com facilidade e a custo ZERO. Todavia, se a coisa for a mando de um parlamentar como Maria do Rosário, extremamente interessada em monitorar as redes e em postar imagens e textos com alta capacidade de convencimento – como as postagens que faz em defesa de LULA – essas atividades comuns não são feitas sequer por um de seus muitos assessores, pelo contrário, são feitas por empresas especializadas e acabam se tornando em algo extremamente dispendioso para o erário público.

Rosário chega a gastar mais de 9 mil reais em um mês apenas com serviços relacionados a REDES SOCIAIS.

Em outubro de 2017, por exemplo. Rosário gastou 5 mil reais com monitoramento de redes sociais e 4.5 mil reais com produção de imagens para as redes sociais.

A petista é uma das deputadas mais mencionadas nas redes sociais, as menções incluem seu embate constante com o deputado Jair Bolsonaro, que acabam por gerar um efeito importante para a petista, aumentando sua exposição e admiração por parte do público feminino de esquerda. 

Rosário também paga por fotografias e textos postados nas redes sociais. Uma postagem em facebook exaltando alguma atividade da deputada, ou em defesa de LULA por exemplo, pode custar R$ 4.500,00 aos cofres públicos por meio da quota parlamentar administrada pela deputada.

Revista Sociedade Militar

Comentários