O que TRUMP realmente disse sobre os HAITIANOS e AFRICANOS – Países de MERDA – ?

O que TRUMP realmente disse sobre os HAITIANOS e AFRICANOS – Países de MERDA – ?

Não é racional criticar o presidente norte-americano sem antes verificar o que realmente ele disse sobre os haitianos e africanos e em que contexto isso foi falado.

Vejamos: O presidente estava em uma reunião com membros dos dois principais partidos. Se tratava de propostas sobre novas leis de imigração que atenuariam as resoluções que endurecem a renovação e concessão de vistos para os EUA.

Segundo políticos presentes na reunião DONALD Trump alega que gostaria de receber imigrantes capacitados e que contribuiriam de alguma forma com o crescimento dos Estados Unidos – como os que vêm da Noruega – e não de shit hole countries, expressão que pode ser traduzida por países de merda ou apenas por buraco, como quando nos referimos a um apartamento ruim. Isso é um buraco! Podemos dizer. A imprensa tem alardeado que se trata de algo impronunciável, isso chega a ser ridículo, principalmente em emissoras onde a regra é a imoralidade.

A suposta declaração gerou uma onda de reclamações por parte de quase toda a grande mídia, mas o fato é que ninguém pode provar que as palavras foram realmente proferidas por DONALD TRUMP, se foram no sentido em que a imprensa tem usado ou se seriam direcionadas aos governos de tais países, incluindo alguns que incentivam a manutenção de imigrantes nos EUA com intenção de aumentar o seu PIB, como El Salvador.

A administração de Donald Trump encerrou o status de protegido temporário para 45 mil haitianos e 2.500 nicaraguenses. O programa reduzido também abrange imigrantes de Honduras, Somália, Sudão, Sudão do Sul, Síria e Iêmen.

Hoje no twitter o presidente publicou a nota acima, dizendo que em nenhum momento ofendeu os habitantes do Haiti ou África e que provavelmente a partir de agora gravará as reuniões realizadas com os DEMOCRATAS porque não há mais confiança.

Revista Sociedade Militar

Comentários