General Mourão é o NOVO PRESIDENTE do Clube Militar.

General Mourão consagra-se, sem necessidade de eleições, como o NOVO PRESIDENTE do Clube Militar.

Oficiais do EXÉRCITO abrirão mão de suas candidatura para presidência e diretoria do CLUBE MILITAR em favor do General MOURÃO. A única chapa inscrita foi a do oficial general, que foi transferido para a RESERVA faz poucos meses. As  últimas eleições BIENAIS para a diretoria do CLUBE ocorreram em 2014, quando o General PIMENTEL (e sua chapa Consolidar e Modernizar)  sagrou-se vencedor. Várias chapas concorreram e várias tinham como proposta aumentar o protagonismo do CLUBE no que diz respeito à atuação política. Para o BIÊNIO seguinte não houveram eleições, Pimentel permaneceu como presidente. 

Segundo informado à Revista Sociedade Militar,  a chapa do General Hamilton MOURÃO foi a única inscrita e por isso será declarada vencedora para administrar o CLUBE MILITAR no próximo biênio. A aclamação dos vencedores ocorre no próximo dia 30 de maio. A posse da nova diretoria ocorrerá em 26 de junho.

O general PIMENTEL com muita habilidade resgatou a tradição do CLUBE no que diz respeito a atuação política. A tendência é que isso seja potencializado por Hamilton MOURÃO, na medida em que o mesmo, ainda antes de assumir o CLUBE já tem se reunido com candidatos militares de vários postos, graduações e corporações.

A forma como se deu a escolha de HAMILTON MOURÃO pode indicar que os militares estão bastante unidos em torno de um novo projeto político para o país. O general tem como um de seus principais objetivos formar uma grande BANCADA militar no CONGRESSO NACIONAL e casas legislativas de todo o país.

A Revista Sociedade Militar adiantou, ainda em outubro de 2017, que Mourão assumiria a presidência do Clube Militar (VEJA AQUI). Na ocasião chegamos a dizer que poderiam não haver outras chapas

Apoiado pelo General Pimentel e com o prestígio que possui, acredita-se que dificilmente Mourão deixará de vencer as eleições para a presidência do Clube. É provável que sua candidatura até desestimule a formação de outras chapas… Diante do crescimento da crise política em nosso país, sob a batuta de MOURÃO o Clube Militar tende a ser mais ousado ainda do que tem sido e – como já propusera um dos candidatos em 2014 – é provável que chegue até a citar seus candidatos preferidos para ocupar cadeiras na Câmara Federal e Senado e, quem sabe, para a presidência da República.”.

Revista Sociedade Militar