Notícias Militares - Segurança Pública - Política - Geopolítica

Um presente para KARL MARX ao pés do CRISTO REDENTOR – Como foi

Um presente para KARL MARX ao pés do CRISTO REDENTOR

O protesto contra o comunismo continua repercutindo. Hoje (07/05/2018) no Jornal O GLOBO o colunista Ancelmo Gois disse que o maior evento do dia do aniversário de Karl Marx foi a bandeirona colocada no CORCOVADO e que comunismo tal qual o patrono do  PCdoB, PCB, PT, PSOL, PCO teria inventado não existe nais nem na China.

Gois está correto somente na parte em que diz que a maior notícia do sábado foi a homenagem com 900 metros quadrados pendurada debaixo do maior símbolo do Brasil e nas barbas da famosa esquerda caviar. Quanto ao comunismo não existir, apenas uma pequena olhada nas imagens de DILMA discursando em evento recente do PCdoB basta para perceber-se que a doutrina assassina está bem presente nas mentes e ações da esquerda brasileira.

Que se acrescente aqui que, diferente do que ocorre na maior parte dos protestos da esquerda, onde ofende-se símbolos religiosos, fecha-se ruas, invade-se propriedades, queima-se pneus e se vandaliza centros de pesquisa, segundo explica o representante do Pesadelo dos Políticos e membros da administração do parque, o objeto foi colocado sem ferir qualquer lei, sem qualquer dano ao meio ambiente, em local frequentemente usado por alpinistas.

Utilizando-se trilhas já prontas para escaladas a bandeira foi colocada e retirada no mesmo dia. O objeto foi estendido completamente por volta das 11:30 de sábado, 5 de maio. 

Em nossa primeira postagem leitores comentaram que caso fosse uma bandeira com o texto VIVA MARX ou com a imagem de LULA, talvez, dado a simpatia que a imprensa brasileira tem pelo ideário marxista a coisa – feita no dia do aniversário de MARX – teria virado manchete internacional e os autores talvez virassem heróis. Todavia, o protesto, ainda que festejado como um grande GOL por parte da maior parte do público conservador e fotografado por 99% das pessoas que passaram pela Lagoa no sábado, rendeu notas menores na grande imprensa e nenhum comentário dos grandes “especialistas” em tudo dos grandes canais de notícias.

Perfis famosos como o de Flávio Bolsonaro, Joice Hasselman e Jornalista Paulo Eduardo Martins comentaram sobre o protesto. O antagonista e vários jornais como O GLOBO e JB publicaram notas, como acima mencionado.

A gigantesca repercussão de certa forma até surpreendeu os organizadores:

o protesto foi para mostrar que entendemos muito bem o que adeptos essa doutrina maldita fizeram contra Mundo e ainda tentam fazer no Brasil… assim como a sociedade lutou no passado com a ajuda das Forças Armadas, não permitiremos que nosso país seja subjugado por comunistas, socialistas, progressistas ou seja qual for o nome adotado por essa corja que só quer encher os próprios bolsos a custa da idiotização da sociedade… a Sociedade brasileira mais uma vez está desperta. Não é a toa que os militares e políticos conservadores crescem em aprovação nas pesquisas e Bolsonaro desponta como única opção que não se comprometeu com a politicagem que tem afundado o BRASIL… Vários militares estiveram conosco no sábado de manhã… Não esperávamos que a grande mídia publicasse algo sobre o protesto. Deve ter sido pressionada, afinal, de todas as suas janelas da LAGOA se via o BANDEIRÃO… ”.

Segundo um dos membros do Pesadelo de Qualquer Político (http://opesadelodospoliticos.com.br), a bandeira e inspirada em protesto realizado na Polônia. “povo altamente instruído, até num momento de lazer lutam contra o comunismo…”

O bandeirão anti-comunista não é novo, há dois anos tem sido colocado em lugares de grande movimentação e ignorado pela grande mídia. O evento mais recente foi na QUINTA da Boa Vista, no Rio de Janeiro, em comemoração do aniversário do grupo O Pesadelo dos Políticos. O grupo não abre mão de defender a intervenção militar, mas acredita que a sociedade ainda não se conscientizou o bastante para que isso ocorra e que por isso deve-se apoiar políticos conservadores / de direita, como Jair Bolsonaro.

O comunismo – que Ancelmo Gois em seu artigo contra o bandeirão diz que não existe mais – na verdade e infelizmente é muito presente em nosso país. É comprovadamente falido, é antiquado, é burro… Mas é a razão de viver de muita gente por aqui. Não se trata só de um sistema econômico em oposição ao capitalismo. Passa por aí, mas a coisa é muito mais ampla, o comunismo é uma espécie de sistema político que tem como objetivo obter o controle absoluto da sociedade e de todas as instituições do país. No Brasil o método mais utilizado é infiltrar militantes nas instituições, corroendo-as por dentro, como um câncer. Por aqui, além de todas os males já citados, destaca-se o político corrupto, gente que enriquece e vive de forma principesca ao mesmo tempo em que – paradoxalmente – manipula milhares de militantes que se tornam espécies de zumbis que acreditam lutar pela “igualdade”.

O “hasteamento” do bandeirão contra o marxismo e contra todas as doutrinas e ações derivadas dessa falida mas muito atuante filosofia contou com o apoio de representantes dos conservadores / direita carioca. A lista de apoios foi divulgada pelos organizadores em seu canal no YOUTUBE. Citamos, entre vários: Vereador Carlos Jordy e equipe, de Niterói, membros do Partido Militar Carioca, entre eles Gerson Paulo, Joziel e Andre Monteiro. 

A Revista Sociedade Militar soube logo cedo e foi à LAGOA para registrar algumas imagens. As 8 da manhã já havia um grupo de cerca de 10 pessoas em frente ao Clube Militar, mas a bandeira – com mais de 100 quilos – só começou a ser colocada lá pelas 9. As 11 horas estava quase completamente estendida.

Revista Sociedade Militar

Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Mais acessados da semana

To Top