Tragédia. “Morreu, morreu alguém…” Veja: Traficantes “brincam” de atirar no RIO de Janeiro

Marginais armados com fuzil atiram a esmo contra comunidades cariocas distantes. 

O projétil disparado pelo FAL pode alcançar mais de 3 quilômetros.

É obvio que pessoas inocentes podem ser alvejadas. Na imagem pode-se ainda perceber algumas crianças que se aproximavam. Aparentemente iam para a escola e se afastaram correndo ao perceber os marginais armadas.

O RIO DE JANEIRO precisa de uma operação de GRANDE ENVERGADURA. Uma varredura completa nas COMUNIDADES, as Forças de Segurança precisam de amparo legal. Sem isso os cariocas estão condenados a décadas de guerra urbana.

“taca daqui cara… morreu, morreu alguém (risos)… olha lá, tão correndo lá…”

http://observatoriodarede.com.br/wp-content/uploads/2018/07/TIRO-NA-COMUNIDADE.mp4

Revista Sociedade Militar

Veja: Polícia contra BANDIDO. Entrevista com CAVEIRA que quer ser GOVERNADOR do RIO DE JANEIRO