Policial NEGRA assassinada. Discussão interessante levantada por vereador carioca

Policial NEGRA assassinada. Discussão interessante levantada por vereador cariocaFr

Carlos Jordy é vereador no município de NITERÓI. Veja a discussão que levanta no que diz respeito ao assassinato de uma policial MILITAR em São Paulo. Segundo JORDY, à policial não foi dado o mesmo tratamento midiático dado à vereadora MARIELLE FRANCO assassinado no Rio de Janeiro.

… dizem que ela era lésbica… Mas, a mídia não vai explorar isso da forma que exploraria se fosse uma pessoa que não era policial… estão querendo colocar aqui em Niterói o dia da Marielle Franco… querendo levantar bandeiras para dividir a sociedade… esses que defendem realmente os direitos humanos, que são os policiais, são desamparados pelas organizações de direitos humanos… os policiais não são relevantes, você não vera manifestações por parte da esquerda em defesa dessa mulher… mulher negra, talvez lésbica e policial militar… 

Somente em 2017 no Rio de janeiro mais de 130 policiais militares foram assassinados. A maior parte deles eram negros, mas ninguém se importa muito com isso, a profissão talvez seja vista pelos órgãos de “direitos humanos” como um demérito que faz com que a sua vida seja manos valorizada.

Abaixo a live de Jordy no facebook

Revista Sociedade Militar

Comentários