Alexandre Garcia na posse, o General Figueiredo e Jair Bolsonaro

Ao observar algumas imagens registradas durante a posse de Jair Bolsonaro é impossível não relembrar de momentos do passado e da confiança que o General João Batista Figueiredo depositava no jornalista Alexandre Garcia, que foi seu porta voz.

O repórter recentemente deixou a Rede Globo. Ao longo dos últimos meses telespectadores mais atentos puderam perceber que a postura de Alexandre vinha em um crescente de indignação ao comentar as “peripécias” da classe política. O jornalista de forma cada vez mais incisiva destoava do viés que a Globo insiste em manter em sua cobertura jornalística.

Garcia no passado foi bastante atacado por ter sido próximo a Figueiredo. Por seu conhecimento ímpar da história do país, respeito conquistado e habilidade naquilo que faz permaneceu como um dos principais âncoras do jornalismo da rede Globo.

Há informações de que Alexandre Garcia ainda não deu uma resposta definitiva sobre a proposta de trabalhar junto de JAIR BOLSONARO.

A GLOBO vai aos poucos perdendo mentes prodigiosas. Um dos últimos a sair foi William Waack, agora sai Alexandre Garcia..

Alexandre Garcia e Jair Bolsonaro, Alexandre Garcia e J.B. Figueiredo, Alexandre Garcia e General Girão (Deputado federal eleito)

Revista Sociedade Militar