General Santos Cruz. Mais um MILITAR deixa Leitão engasgada. “estão (MST) há 14 anos na beira da estrada”, diz Carlos Alberto dos Santos Cruz

Mais um MILITAR deixa Leitão engasgada. MST “estão há 14 anos na beira da estrada”, diz Carlos Alberto dos Santos Cruz

Mirian Leitão insiste em sua vingança particular contra os militares das Forças Armadas, mas não dá uma dentro. Desta vez quem a fez passar vergonha foi o General Carlos Alberto dos Santos Cruz, Ministro de Bolsonaro.

Em entrevista transmitida na noite dessa quinta-feira a âncora da rede Globo questionou sobre o MST e as chamadas “ocupações”

O general, com a maior tranquilidade, sem pestanejar, disse que a lei vai ser cumprida e que propriedade tem que ser respeitada. “Não tem consideração ideológica, é crime… Ocupações… você tem a lei que não vem sendo seguida no Brasil…”, Disse.

Miriam interrompeu e questionou: “e se a fazenda for improdutiva”  O general respondeu: “Quem é que tem o direito de classificar uma fazenda como improdutiva? Você tem vários exemplos aí inclusive de áreas produtivas, você tem imagens de áreas produtivas sendo destruídas, isso é crime e vamos seguir a lei… tem gente que é manipulada. Tivemos um governo que se baseou nesse movimento social que você citou. O governo ficou 14 anos no poder e eles continuam na beira da estrada…  se você tinha o poder da caneta, o poder do orçamento e não resolveu o problema exatamente daqueles que são sua base de sustentação significa que você tem interesse que eles continuem lá como massa de manobra. Ninguém tem o direito de deixar uma pessoa necessitada escrava da necessidade por causa do seu projeto de poder.”

Revista Sociedade Militar