Forças Armadas

“Não há resistência dos Militares para aumentar o tempo”, diz general. Será mesmo?

O que os MILITARES acham da chamada “reforma da previdência” ?  Em entrevista à Rádio Gaúcha, na segunda-feira (21), o GENERAL Mourão afirmou que não há “resistência” nas Forças Armadas para aumentar o tempo mínimo de serviço

Circulam propostas e mais propostas sobre as alterações na chamada “previdência” dos militares e praticamente em todas as semanas depois do novo governo ter tomado posse alguém publicou uma notícia dizendo algo como “está pronta a proposta de previdência dos militares”.

O general Mourão diz que se houver aumento do tempo de serviço não haverá resistência por parte dos MILITARES. Mas, quem disse que os militares têm direito de reclamar e muito menos de resistir? Com então esperar que alguém reclame? Militares não têm direito a manifestação contra determinações de superiores e muito menos hoje têm representantes que ousem ir contra as determinações impostas pelo governo.

A Revista Sociedade Militar quer ouvir os militares sobre alguns dos pontos mais polêmicos mencionados pela imprensa e personalidades do governo.

Solicitamos aos militares e pensionistas que participem da pesquisa para que a opinião da categoria – que poucas vezes é consultada – chegue até aqueles que efetivamente têm o chamado “poder da caneta”.

SOLICITAMOS O SEU COMPARTILHAMENTO

Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Mais acessados da semana

To Top