“perigosíssimo!”. Caveira “Urso Polar” é um dos homens mais procurados do RIO DE JANEIRO

Ex-Caveira “Urso Polar” é um dos homens mais procurados do país

O ex-militar do BOPE, o ex-capitão Adriano da Nóbrega, conhecido pelos companheiros como URSO POLAR, é um dos homens mais procurados no RIO DE JANEIRO.  Por seus bons serviços o militar chegou a ser homenageado na ALERJ pelo deputado Flávio Bolsonaro, depois de algum tempo Adriano passou a se envolver com o crime organizado.

O policial foi homenageado com a medalha TIRADENTES porque comandou a prisão de 12 traficantes além da apreensão de armas de grosso calibre.

Veja a justificativa para a homenagem

ADRIANO MAGALHÃES DA NÓBREGA, natural do Rio de Janeiro, onde nasceu a 14 de janeiro de 1977.   Em 26 de junho de 2001, logrou êxito em prender doze marginais no Morro da Coroa, além de apreender quatro Fuzis Calibre 7,62, uma submetralhadora calibre 9mm, duas pistolas .40, uma granada argentina FMK, quatro carregadores calibre 5,56, três carregadores calibre 7,62, dois carregadores calibre .40, cento e seis munições calibre 5,56, dezesseis munições calibre .40, cento e trinta munições calibre 7,62, vinte e duas munições calibre 9mm, uma faca e noventa trouxinhas de maconha

Adriano da Nóbrega foi condenado pelo envolvimento com o contraventor Luís de Barros Lopes e expulso da PM. O ex-policial militar é Mestre da progressão em locais de difícil acesso, mestre no manuseio de armas e atirador dos melhores que já passou pela corporação de elite. Adriano hoje é um foragido procurado, acusado de comandar vários tipos de contravenção na zona OESTE do RIO DE JANEIRO.

Currículo do ex-policial

  • Curso Básico Especial de Tiro Policial, sendo sagrado atirador de 2º categoria;
    · Participação na I Jornada de Direito da Escola de Formação de Oficiais da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, em 22 de maio de 1998;
    · Estágio de Ações Táticas, concluído em 17 de julho de 1998;
    · Estágio Prático Operacional, concluído em 30 de outubro de 1998;
    · Curso de Operações Táticas Especiais, concluído em 05 de outubro de 2001;
    · Curso de SNIPER Policial I, concluído em 04 de agosto de 2001;
    · Curso de Tiro Defensivo na Preservação da Vida – método Giaraldi, com pistola .40, sendo habilitado multiplicador em 19 de julho de 2002;
    · Curso de Segurança Especial V.I.P., concluído em 10 de maio de 2001;
    · Curso de Operações Policiais Especiais categoria B / 2000 

Revista Sociedade Militar