Notícias Militares - Segurança Pública - Política - Geopolítica

Deputados do PSL que brigaram no RIO por conta de apoio a André Ceciliano – do PT – se reúnem para fazer as pazes.

Deputados do PSL que brigaram no RIO por conta de apoio a Ceciliano, do PT, se reúnem para fazer as pazes

Os deputados do PSL andavam meio “de mau” por causa de divergências e palavras duras durante a votação para a escolha do presidente da ALERJ. Alana Passos, por exemplo, publicou nas suas redes sociais texto sobre pessoas COVARDES E FRACAS, que não tem como caráter dizer Sim ou não quando é preciso, ela se referia ao fato de deputados não ter tido a coragem de votar NÃO em relação a indicação de André Ceciliano do PT para presidir a ALERJ.

“COVARDES e FRACOS”, diz a deputada Alana Passos

Sete deputados do partido de BOLSONARO apoiaram Ceciliano, cinco deputados se opuseram. A coisa quase chegou Às vias de fato entre Gustavo Schmidt e Filippe Poubel no dia 5 de fevereiro.

Mas, agora já está tudo certo. Nas redes sociais o deputado Gustavo Smidht publicou nota sobre o belo jantar de confraternização, onde fizeram as pazes.

Houve divergências nesse início? Sim. Isso faz parte da democracia. E hoje, num jantar com toda a sua bancada da Alerj, o PSL reafirmou a união em torno de um projeto único: fazer do Estado do Rio de Janeiro um lugar justo, seguro e próspero para todos nós, pessoas de bem. Estamos juntos. E ninguém nos tira desse caminho”.

Tudo bem agora, foi tudo resolvido e o clima está tão bom que até o deputado André Ceciliano do Partido dos Trabalhadores “apareceu de surpresa” e participou de momentos da confraternização que ocorreu nessa terça-feira.

Revista Sociedade Militar

Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Mais acessados da semana

To Top