Persiste a dúvida. Quem mandou Matar Jair Bolsonaro e Quem financia a defesa de Adélio Bispo de Oliveira?

Persiste a dúvida. Quem mandou Matar Jair Bolsonaro e Quem financia a defesa de Adélio Bispo de Oliveira?

Quem mandou Matar Jair Bolsonaro e Quem financia a defesa de Adélio Bispo de Oliveira?

Em declarações feitas em uma cama dentro do quarto onde permanece internado no Hospital Albert Einstein, o próprio Presidente da República se mostrou claramente indignado pelo fato de após cinco meses de investigação não se ter chagado a nenhuma. Percebe-se claramente o desinteresse da grande mídia em cobrar respostas conclusivas sobre a questão. O assunto parece estar desaparecendo da “capa” dos grandes jornais.

Logo após a prisão de Adélio Bispo ocorreram mortes misteriosas de pessoas ligadas à pousada onde se hospedava o criminoso. A dona da pensão “morreu de câncer” e um hospede foi “encontrado morto” em um dos quartos. Mesmo assim as redes de TV e outros grandes veículos do país aparentemente abandonam o assunto aos poucos e não levam até a sociedade as notícias sobre a investigação. Se antes o motivo alegado era não dar visibilidade a Bolsonaro vitimizando-o e ajudando-o nas eleições, qual seria o motivo agora, quando o mesmo já ocupa a cadeira presidencial?

Sobre os casos na pensão, o próprio Jair Bolsonaro disse em suas redes sociais ainda em outubro: “Registrada a segunda morte na pensão que estava hospedado ex-integrante do PSOL após tentativa de me assassinar! Pode ser que seja muita coincidência, pode ser um novo Caso Celso Daniel a caminho! Que a verdade apareça!

No próprio google, principal ferramenta de busca na internet, nota-se que portais de grandes jornais não se debruçaram sobre a questão. Os primeiros resultados encontrados quando se busca por “ Pousada Mortes Adélio” são de portais considerados médios ou pequenos, como IG, Revista Sociedade Militar e O Antagonista

1º Resultado no google – Portal IG: Morre dona de pensão onde Adélio Bispo se Hospedou

2º Resultado no google – Revista Sociedade Militar: Mortes na PENSÃO de ADÉLIO BISPO levantam suspeitas de  “queima de arquivo”

3º Resultado no google – Gazeta do Povo: Homem é encontrado morto na pensão de Adélio Bispo | Gazeta

Não se percebe também qualquer pressão para que a defesa de Adélio Bispo seja obrigada a informar quem são as pessoas que anonimamente arcam com todos os custos. Os advogados viajam até em aeronave fretada para atender às necessidades do criminoso, o que – em tese – mostra que há grandes interesses envolvidos nessa questão.

Policiais chegaram a cumprir dois mandados de busca e apreensão em alguns endereços ligados ao advogado Zanone Manuel de Oliveira Júnior, mas nada de concreto foi divulgado.

Para a mídia o advogado disse apenas que: “ Aquela pessoa se apresentou como conhecido de Adélio Bispo da cidade de Montes Claros, esclarecendo que conheceu o autor do fato criminoso…  na cidade de Salinas, Minas Gerais”.

As investigações, após cinco meses, parecem não avançar. Além do presidente da República há muita gente indignada com a lentidão e aparente tentativa da imprensa de relegar um dos crimes políticos mais graves do século ao simples esquecimento.

Jornais essa semana publicaram notas informando que policiais teriam ficado “aborrecidos” com a cobrança de Bolsonaro. Todavia, há de se convir que já se passou muito tempo e a demanda não é somente do presidente – que tem sofrido muito desde o episódio – mas de todos os brasileiros que têm o direito de saber quais os interesses por trás das ações de Adélio bispo de Oliveira, ex-integrante do PSOL.

Na Câmara Federal vários parlamentares em seus discursos e posse levantaram a questão. O deputado Hélio Lopes foi um deles. Na tribuna da Câmara, em seu primeiro discurso como deputado federal no dia 6 de fevereiro, o parlamentar disse: Meus amigos, hoje completam-se 5 meses daquele ato covarde: a tentativa de homicídio do Presidente da República. Quero saber quem mandou matar Jair Messias Bolsonaro, meu irmão de coração.

Quem mandou matar Jair Bolsonaro?

Artigo de Robson Augusto publicado no Jornal Nação. http://jornalnacao.com/artigo-especial-quem-mandou-matar-bolsonaro-e-paga-a-defesa-de-adelio-bispo/