ARMAS SERÃO RECOLHIDAS NA NOVA ZELÂNDIA após atentado

O governo da Nova Zelândia proibiu nessa quinta-feira a venda de ” fuzis semiautomáticos de estilo militar ” .

“O que estamos proibindo hoje são as coisas usadas no ataque da última sexta-feira”, disse a primeira-ministra Jacinda Ardern em uma entrevista coletiva.

Ela disse que mais mudanças nas leis de armas de fogo da Nova Zelândia em assuntos como licenciamento, registro e armazenamento chegarão rapidamente, provavelmente na próxima semana.

“Isso será na segunda parte” de mudanças, ela disse quinta-feira.

Ardern disse que a proibição imediata, que entra em vigor na tarde de quinta-feira, cobre mais do que rifles de estilo militar, mas outros itens usados ​​no ataque da mesquita da semana passada.

Jornais locais dizem ainda que o governo pensa em recolher as armas em circulação mediante uma espécie de indenização e até em proibir os Bump Stock, usados para tornar automáticos alguns fuzis semi-automáticos. 

Revista Sociedade Militar.