Notícias Militares - Segurança Pública - Política - Geopolítica

Caos e evasão nas FORÇAS ARMADAS se RODRIGO MAIA conseguir impor sua visão sobre a reforma para os militares

Caos e evasão nas FORÇAS ARMADAS podem vir se RODRIGO MAIA conseguir impor sua visão sobre os militares

esse cara não entendeu nada! Uma pessoa como essa não faz a mínima ideia do que é a vida militar. Não há como ser militar sem estabilidade e garantias diferenciadas. Então ele vai dar a sindicalização, as horas extras, a jornada de trabalho de 40 horas semanais? Ele faz ideia de quantas horas um militar em missão trabalha por mês? Ele tem ideia de quanto tempo o cara da Marinha trabalha dentro de um submarino em viagem? Ele vai bancar isso tudo? Eu sou um que vou embora se isso for valer pra mim.”

O militar continua: “Não tem como, não tem mais soldado e vai ser uma experiência mal sucedida… e depois vai valer para os policiais também? Deve ser o caminho que eles encontraram para desmilitarizar PM e bombeiro… Não vai dar certo e depois retorna tudo para o que é agora… gerando prejuízo e caos.”, diz um capitão bastante exaltado, nas proximidades do forte de São Domingos em Niterói, nesse início de noite de terça-feira

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia afirmou nesta terça-feira para jornalistas que todos os servidores públicos, entre eles os militares, deverão fazer parte do Regime Geral de Previdência Social, hoje responsável pela Previdência dos trabalhadores do país.

Segundo MAIA os militares não terão mais benefícios como integralidade e paridade.

Se o presidente da Câmara tentar impor suas idéias usando a proposta de reforma da previdência como chantagem ele vai estacionar o país e anular todas as perspectivas que tem surgido nos últimos dias.

É óbvio que, para os novos, de jeito nenhum, não dá mais. O teto de todos os servidores públicos, civis ou militares, será o teto do regime geral do INSS”, reforçou Maia. Segundo ele, “não tem mais quem defenda a paridade”. Quanto à integralidade, aqueles que entraram no serviço público com o benefício “ainda tentam defendê-lo“. Disse Rodrigo Maia.

Revista Sociedade Militar

VEJA: Nada mudou. Exército deixa claro que “ABORDAGEM DISTORCIDA e EQUIVOCADA” fere a DISCIPLINA e HIERARQUIA

Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Mais acessados da semana

To Top