Deputado Hélio Lopes é atacado por ser negro e é chamado de “Capitão do Mato”

Deputado Hélio Lopes é atacado por ser negro, é chamado de “Capitão do Mato”

“Não tem que ter movimento negro ou movimento branco.. tem que ter movimento para um Brasil melhor, um movimento de libertação de consciência…” disse Hélio Lopes

Algo inusitado tem se percebido no que diz respeito ao trato com o deputado federal Helio Lopes, que já se apresentou ao público como Hélio Negão e Hélio Bolsonaro em momentos anteriores.

Por ser militar o deputado naturalmente lida bem com questões relacionadas a gênero, raça e origem social, ele sabe que nas forças armadas, assim como deveria ser no mundo civil, as pessoas são tratadas pelas outras de acordo com o seu caráter, de acordo com suas ações e por aquilo que praticam no dia-a-dia, nunca por conta da cor da pele. 

Desde a sua eleição, com votação gigantesca, que sequer recebeu destaque na mídia nacional, o deputado é vitima de ataques de radicais que reclamam do fato do mesmo não se engajar em favor de movimentos negros, movimentos sociais etc. 

Nessa última semana, pouco antes de viajar para os EUA, o parlamentar foi novamente afrontado por membros de movimentos sociais.  

Ao responder calmamente uma manifestante dizendo que não é escravo e que defende a meritocracia Hélio recebeu de volta gritos de “é descendente de um povo escravizado… capitão do mato…” de uma pessoa que não queria conversar, que queria apenas ser notada.

O Deputado se comportou dignamente e deu uma aula de tranquilidade e sabedoria.

Revista Sociedade Militar