O que a RÚSSIA quer ao apoiar Nicolás Maduro

O que a RÚSSIA quer ao apoiar Nicolás Maduro

O apoio de PUTIN a Maduro tem causado aborrecimento. A Venezuela é uma grande devedora dos russos mas a aliança aparentemente tem gerado mais problemas do que benefícios. Pelo que tudo indica a Rússia permanece por ali somente para não perder mais dinheiro do que já perdeu.

 Trump recentemente disse para os russos não enfiarem o nariz no quintal da América. Na semana passada, o secretário de Estado Mike Pompeo chegou ao ponto de culpar os russos pelo fato de Maduro permanecer ainda em Caracas.  A notícia que se espalhou foi que MADURO iria fugir para CUBA mas foi proibido por Moscou.

A Venezuela pode se desagregar a qualquer momento e ninguém acredita que esse é o desejo dos russos, o que lhes interessa é reaver – se possível com lucro – todo o investimento feito ali desde o inicio do século.

Desde 2004 os Russos já investiram mais de 15 bilhões de dólares na Venezuela e a maior parte desse montante foi para o ramo de petróleo. A maior petrolífera russa, a  Rosneft, aplicou cerca de 6 bilhões de dólares na PdVSA na forma de pagamentos antecipados para entregas futuras de petróleo.  A Rosneft também detém participações minoritárias em várias subsidiárias da PdVSA.

Pompeo está para conversar com os russos essa semana e uma das ofertas que alguns esperam que ele faça e uma garantia de que a parte russa da PDVSA será mantida, incluindo as entregas previstas de óleo.

Revista Sociedade Militar

Robson Augustto, jornalista, militar R1, sociólogo – Revista Sociedade Militar