Bolsonaro avisa que IDOSOS e DEFICIENTES podem ficar sem pagamento

Com a morosidade do CONGRESSO NACIONAL e sabotagem aos projetos do governo, sobretudo um que aprova operações de crédito no valor de R$ 248,9 bilhões (PLN 4/19), a situação está critica no que diz respeito a finanças. A maior parte do montante (R$ 201,7 bilhões) corresponde a benefícios previdenciários, como pensões e aposentadorias de várias categorias. A proposta trata também de Bolsa Família, Benefício de Prestação Continuada (BPC) e Plano Safra.

Se a operação não for apreciada logo e realmente algumas categorias começarem a ter salários atrasados a perda de capital político para o governo poderá ser imensa. O Presidente já começa a usar suas redes sociais para se precaver quanto a isso.

O PRESIDENTE publicou ha poucos minutos no Twitter: “Sem aprovação do PLN 4 pelo Congresso teremos que suspender o pagamento de benefícios a idosos e pessoas com deficiência já no próximo dia 25. Nos meses seguintes faltarão recursos para aposentadorias, Bolsa Família, PRONAF, Plano Safra…”

Revista Sociedade Militar