Forças Armadas

Desarmar polícia LEGISLATIVA é a proposta popular mais votada da semana. Apoios disparam no site do SENADO

“… A segurança seria feita pela polícia local via 190 e os seguranças atuariam com equipamentos não-letais, ”Dar o exemplo é essencial.”
————–

Após a votação que derrubou o decreta do presidente Jair Bolsonaro sobre o porte e aquisição de armas, uma proposta – feita com base no sarcasmo – que tramita no E-cidadania tem sido uma das que mais cresce em números de apoiamentos. Na proposta consta uma sugestão para que os seguranças de senadores usem armamento não letal. A quantidade de apoiamentos para muitos é uma demonstração de indignação contra a casa que vai contra a opinião da maior parte dos brasileiros no que diz respeito ao porte e posse de armas de fogo.

 A proposição, assinada pelo senhor TIAGO, ja ultrapassou em muito o número de apoiamentos necessários para que seja estudada pelos SENADORES.

 Texto apresentado: Desarma as polícias legislativas e seguranças da Câmara, Senado e STF  Seguindo na mesma linha de alguns Parlamentares e magistrados, de que a arma não seria um equipamento seguro para a proteção dos cidadãos, propomos a proibição de armas nas casas legislativas transformando-as em zonas livres de armas. Dando assim o exemplo para que a população veja os benefícios. 

 De acordo com alguns deputados senadores e magistrados a população estaria em risco com armas por perto,seguindo essa linha propomos transformar as casas legislativas em zona livre de armas, proibindo a entrada e o uso de armas em suas dependências. A segurança seria feita pela polícia local via 190 e os seguranças atuariam com equipamentos não-letais, ”Dar o exemplo é essencial.”

Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Mais acessados da semana

To Top