Forças Armadas

Kelma Costa – a Bolsonaro de Saias – já é cotada nas redes sociais para VEREADORA no … … Rio de Janeiro!

Kelma Costa, a Bolsonaro de Saias já é cotada nas redes sociais para VEREADORA no Rio de Janeiro

Ao que parece os militares se decepcionaram muito com os representantes da categoria no CONGRESSO NACIONAL. Salvo raras exceções, como o deputado Professor Joziel, os deputados do PSL parecem amedrontados no sentido de evitar expressar qualquer opinião que vá de encontro às posições das lideranças do partido.

Em grupos formados por militares das Forças Armadas a discussão vai crescendo acerca da escolha para representantes dos militares como vereadores em 2020 para em seguida, dois anos após, tentar alçá-los a condição de deputados federais. De fato, a chamada vereança é o caminho natural para se chegar até o Congresso Nacional.

Um dos nomes mais citados para se colocar como candidato a Vereador no Rio de Janeiro é o da Senhora Kelma Costa. Ressalte-se que ela não reside no Rio de Janeiro e nunca foi candidata por lá, mas caso fosse, aparentemente já teria uma base eleitoral formada. Outros nomes já aparecem bastante, como o do Advogado Adão Farias,  de Ivone Luzardo e até do Suboficial Luiz, todos acabaram se tornando conhecidos nacionalmente por conta de seu protagonismo na luta por mudanças no PL16452019.

O advogado e militar da reserva Adão Farias tem dito que não será candidato para nenhum cargo.

Ao que parece a tropa está tomando como base, para já estabelecer suas preferências, a atuação na questão que se coloca no momento. Alguns nomes e ex-candidatos bem conhecidos tem se mantido calados, talvez por sua proximidade com apadrinhados de Jair Bolsonaro. No Rio, por exemplo, percebe-se que lideranças mais antigas têm evitado um confronto com o deputado Hélio Lopes, certamente temem desagradá-lo, já que muitos devem se candidatar atrelados a seu nome caso seja realmente o escolhido de Bolsonaro para concorrer para a prefeitura do Rio de Janeiro.

Navegando em linha oposta a essa tendência está o Brigadeiro Atila Maia, o oficial, que obteve expressiva votação nas últimas eleições, tem aparecido bastante durante a mobilização dos suboficiais e sargentos e – aparentemente – não tem se furtado de opinar contra o projeto do governo, inclusive aconselhando e incentivando os graduados a ir até o Congresso Nacional expor a sua opinião sobre o referido projeto de lei.

A Revista Sociedade Militar entrou em contato com Kelma Costa para questionar sobre a sua possível candidatura por algum município do Rio de Janeiro. A líder, que reside em Juiz de Fora, desconversou e disse apenas que “é muito cedo para pensar nesse assunto”, e que “o foco agora é resolver os problemas do PL 1645”.

Revista Sociedade Militar

Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Mais acessados da semana

To Top