Forças Armadas

Deputado Hélio Lopes diz que associações que querem mudar o PL 1645/2019 querem apenas expressão política


Na véspera da audiência pública onde representantes de associações vão falar, o deputado Hélio Lopes diz que grupos que querem mudar o PL 1645/2019 querem apenas alcançar expressão política

Criticado por permanecer “desaparecido” enquanto graduados da Marinha, Exército e Aeronáutica na reserva lutam para estender a toda a tropa na ativa e reserva benefícios incluídos no PL 1645, como adicionais de habilitação nos mesmos percentuais concedidos a cúpula das forças armadas e uma gratificação de representação dada somente para generais na ativa e reserva, o deputado Hélio Lopes, que admite ter sido eleito no Rio somente porque Jair Bolsonaro resolveu escolhe-lo como apadrinhado, resolveu se manifestar sobre o assunto nas redes sociais

Há algumas semanas o parlamentar havia falado em público e foi um desastre, a coisa ocorreu em um evento da polícia militar do Distrito Federal, onde foi agraciado com a medalha Tiradentes no grau de grande oficial. Ao agradecer pela medalha Hélio Lopes elogiou a segurança de Brasília e disse que a Polícia Militar do Distrito Federal deveria ensinar os policiais cariocas a trabalhar direito. A coisa rendeu muitas críticas nas redes sociais, policiais cariocas ficaram indignados com a declaração.

Nesse sábado Hélio – que provavelmente será o candidato de Bolsonaro à prefeitura do Rio de Janeiro – resolveu falar sobre o PL 1645/2019 e ao que parece tenta receber o crédito pela mudança de 4 para 8 salários na passagem para reserva, por um adicional dos sargentos do quadro especial e outras coisas. O deputado disse ainda que as associações que defendem que a gratificação de representação não seja concedida só para generais e que os adicionais de habilitação sejam melhor distribuídos querem apenas alcançar projeção política.

Nas redes sociais muitos militares chamam o parlamentar de traidor, muitos perguntam o por quê de um general passar a receber na reserva uma gratificação de representação e o resto da tropa não, já que todos são obrigados a representar bem as Forças Armadas. Outros comentam que um general receberá um aumento que leva seu salário ao teto do funcionalismo e que a base das carreiras ficara praticamente com o mesmo salário e que sendo assim quem paga a conta da previdência serão os graduados.

Em vídeo que circula nas redes o deputado deixou claro que tem preferência por militares do Exército em suas lutas, Nas redes muito reclamam já que toda a família militar abraçou Bolsonaro e Hélio no Rio de Janeiro.  “ola amigos, to aqui na granja do torno aqui, na residência do Presidente, dizer que é muito orgulho quero poder resolver o anseio das forças armadas principalmente o Exército junto ao Bolsonaro, pode contar comigo… conte comigo…”

Revista Sociedade Militar

Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Mais acessados da semana

To Top