Forças Armadas

Oficiais Panfletando durante a audiência onde GRADUADOS apresentavam suas razões sobre o PL 1645 deixaram indignados líderes de associações

Oficiais Panfletando durante a audiência onde GRADUADOS apresentavam suas razões tentavam destruir argumentação de militares da mesa

Líderes de associações de graduados contam que – sorrateiramente – enquanto graduados e representantes das associações de militares apresentavam suas razões para modificações no PL 1645, membros da ASSESSORIA MILITAR do EXÉRCITO, instalada dentro do Congresso Nacional, circulavam entre as bancadas, atrapalhando a exposição e distribuindo panfletos no intuito de tentar destruir a argumentação apresentada.

Um dos panfletos foi fotografado parcialmente e – segundo o representante de associações que entrou em contato com a Revista Sociedade Militar – o objetivo foi induzir os parlamentares a acreditar que todos os suboficiais receberão as mesmas vantagens que um general e que os sargentos QE serão também beneficiados com a reestruturação. O folheto não apresentava o comparativo de ganhos entre generais e graduados.

“…se no dia da palestra do comandante do Exército tivesse um sargento da ativa distribuindo panfletos para deputados esse cara seria preso… o contrário não dá nada… o panfleto deles omite, por exemplo, a gratificação de representação que será presenteada só para oficiais generais, na ativa e na reserva… e não mostra que os terceiros-sargentos ficarão quase no zero a zero.”, diz um sargento.

O primeiro quadro apresentado apresenta suboficiais recebendo as mesmas vantagens que oficiais generais. Apresentado como primeira informação a informação induz os parlamentares a crer que a distribuição de percentuais é justa, mas na realidade quem conhece a fundo o problema sabe que o recebimento de 73% por suboficiais é uma situação de exceção e que – embora todos os generais na reserva venham a receber esse valor – os suboficiais e subtenentes hoje na ativa que farão jus (segundo o Pl 1645) são pouquíssimos, dos que estão na reserva o percentual que receberá é muito pequeno. O panfleto cita só os militares que eventualmente receberão vantagens mas não cita as milhares de pensionistas e militares que praticamente só receberão descontos.

Com a argumento da meritocracia  MINISTÉRIO DA DEFESA vai criando penduricalhos na forma de cursos remunerados somente para que está na ativa, deixando a reserva cada vez mais longe de seus pares ainda em atividade.

O panfleto distribuído também – conforme diz o exceto de áudio de um sargento, acima colocado – omite a nova gratificação de representação vitalícia, criada somente para oficiais generais na ativa e reserva.

A Revista Sociedade Militar ouviu também um dos líderes de associações, o mesmo se mostrou bastante preocupado com o que aconteceu.

Revista Sociedade Militar

Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Mais acessados da semana

To Top