Forças Armadas

Caso dos militares mortos afogados em treinamento – Julgamento marcado

A 2.ª Auditoria da 2ª Circunscrição Judiciária Militar (SP), agendou para 29 de janeiro o julgamento dos cinco réus, militares e ex-militares do Exército, acusados da morte de três soldados em Barueri (SP).

O PROCESSO é o Nº 0000088-74.2017.7.02.0202

O caso ocorreu no dia 24 de abril de 2017 em Barueri, na Grande São Paulo e segundo informações da justiça militar os envolvidos como réus são: um capitão, que era o oficial de prevenção de acidentes da instrução; um outro capitão, oficial responsável pelo exercício; um ex-tenente, responsável pela instrução de orientação diurna do exercício militar; um ex-cabo e um ex-soldado, ambos auxiliares de instrução – estes participaram diretamente da execução da pista de orientação diurna, feita com bússolas e mapas.

Por volta das 17h, no dia 24 de abril de 2017, durante a execução de uma pista de orientação, com mapas e bússolas os militares acabaram se afogando em um lago, localizado dentro da área de treinamento militar. Dos quatro integrantes da equipe de orientação só um escapou vivo.

Ele foi salvo por um tenente que ouviu os gritos de socorro.

No mesmo dia 24 de abril, o Exército abriu um Inquérito Policial Militar para apurar as circunstâncias do acidente.

Relembre o caso, vídeo da  TV Record

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR OS DADOS DO INQUÉRITO

REVISTA SOCIEDADE MILITAR

Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Mais acessados da semana

To Top