Forças Armadas

Atlântico NÃO É mais um local seguro, diz comandante da 2ª FROTA DOS EUA. “Adversários Russos e Chineses nos desafiam em todas as frentes…”

Atlântico NÃO É mais um local seguro, diz o comandante da 2ª FROTA DOS EUA. “Adversários Russos e Chineses nos desafiam em todas as frentes…”

Nessa terça-feira a Revista Sociedade Militar acompanhou em tempo real a palestra do almirante Andrew Lewis, o militar discursou em evento  sobre segurança marítima em Washington, no Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais. A palestra do almirante foi no sentido de deixar bem claro que não se pode mais acreditar que o Atlântico é um lugar seguro.

A 2ª FROTA dos Estados Unidos, comandada por Andrew Lewis – após um ano intenso de intensos exercícios – declarou completa capacidade operacional em 31 de dezembro passado.

Com o aumento do número de submarinos russos cada vez mais mortais, os marinheiros podem esperar operar em um espaço em disputa quando deixarem Norfolk“, declarou o vice-almirante.

Logo no início da palestra o militar adiantou que os EUA não mais reconhecem o atlântico como um local seguro e que em modelos anteriores não estavam realmente preparados para “competir” nesse espaço. Disse que os EUA permaneceram muito tempo – nessa área – muito mais reativos do que proativos, disse que as ameaças estão levando-os a criar maneiras de operar sendo imprevisíveis para os inimigos ao mesmo tempo que estrategicamente previsíveis para os aliados. O oficial anunciou ainda que a OTAN também está se reconfigurando nessa mesma linha.

“Nos últimos 20 anos, na maioria das vezes que partimos de Norfolk foi para operar em outro lugar, não no Atlântico… Não precisamos vasculhar muito para ver que o planeta está ficando cada vez mais complicado”, disse o militar.  “O Atlântico é “um espaço de batalha que não pode ser ignorado”.

O militar relatou que um navio espião russo estava à espreita na costa leste nos últimos meses.

O militar disse que enquanto o navio russo, completamente preparado, estava navegando na área, havia navios americanos ainda em fases iniciais de treinamento

“O navio de inteligência não se importava com a fase de treinamento de nossos navios ou se estes já havia alcançado sua certificação completa. ” disse o Almirante

Assista a palestra do Almirante

Revista Sociedade Militar

Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Mais acessados da semana

To Top