Forças Armadas

Advogado-Militar coloca Danilo Gentili na parede por causa de PIADA de MAU GOSTO

Danilo Gentili Fez em rede nacional uma piada de extremo mau gosto,  que atingiu em cheio a doadora de leite Michele Rafaela. A senhora passou a ser alvo de chacota nas ruas e o ato de incentivar mais mulheres a ser doadoras de leite materno acabou se transformando em um pesadelo.

Ele falou essas barbaridades e eu estava fazendo um incentivo às mães a doarem leite… Eu passava na rua e o povo falava : ‘Olha a vaca de Danilo Gentili’!’. Fiquei várias noites sem dormir….” Declarou a um site.

O humorista já foi condenado a pagar uma indenização de 200 mil reais, mas luta para reduzir o valor. Cláudio Lino, advogado da senhora Michele, militar da reserva, é considerado um advogado combativo na defesa de seus clientes, ele atualmente preside o Instituto Brasileiro de Análise da Legislação Militar (IBALM) e – ouvido pela Revista Sociedade Militar – conta que junto com outros advogados se debruça muito sobre leis e regulamentos militares tendo em vista garantir a liberdade de expressão para militares das Forças Armadas até os limites legais permitidos pela constituição federal de 1988. O advogado – que há poucos dias venceu uma batalha judicial ao defender um militar que justamente tornou públicas supostas irregularidades em instituição militar – dessa vez, ao atuar contra a REDE BANDEIRANTES e DANILO GENTILI, se viu diante de um processo onde – paradoxalmente –teria que convencer a justiça de que os limites da liberdade de expressão foram ultrapassados.

Danilo Gentili é visto por muitos como um humorista que vai na contra-mão da imposição ideológica e luta para destruir pré-conceitos. Mas, dessa vez fez exatamente o contrário, estimulando a chacota e o pré-conceito contra alguém que exerce uma atividade filantrópica essencial à sociedade.

Danilo Gentili e a rede Bandeirantes possuem nada menos que 7 advogados em sua defesa nessa ação.

Após a argumentação de Claudio Lino a justiça declarou: “os demandados extrapolaram os limites da liberdade de imprensa/informação, violando, assim, a honra e a imagem da autora, bem como a sua dignidade, na medida em que fizeram brincadeiras e piadas de mau gosto em seu desfavor, referindo-se à demandante de maneira jocosa e sarcástica, expondo-a ao ridículo, publicamente e em rede nacional, a situações de vexame, constrangimentos e humilhações, chegando, inclusive, a compará-la ao ator pornô Kid Bengala pelo fato dela produzir leite materno em grande quantidade… causando-lhe constrangimentos, humilhações e vexames que muito suplantam os meros aborrecimentos do cotidiano”.

Revista Sociedade Militar

Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Mais acessados da semana

To Top