Militares/Leis/regulam,

Jornais da EUROPA: “Italianos com mais de 80 anos serão deixados para morrer.

Na Europa em alguns países a situação já se aproxima da catástrofe. Jornais locais informam que já há projetos emergenciais que preveem o não atendimento de pessoas muito idosas. Estas pode ter o acesso aos cuidados médicos negados caso apresentem os sintomas do CORONAVIRUS

O Telegrafh diz: “As vítimas de coronavírus na Itália terão acesso negado aos cuidados intensivos se tiverem 80 anos ou mais ou com problemas de saúde caso a pressão sobre o leito aumente, propõe um documento preparado por uma unidade de gerenciamento de crises em Turim.

Alguns pacientes que não receberam tratamento intensivo serão deixados para morrer, temem os médicos. 

A unidade elaborou um protocolo que determinará quais pacientes receberão tratamento em terapia intensiva e quais não, se houver espaços insuficientes. A capacidade de terapia intensiva está acabando na Itália, à medida que o coronavírus continua a se espalhar .

O documento, que foi produzido pelo departamento de proteção civil da região do Piemonte, um dos mais atingidos, diz exatamente: “Os critérios para acesso à terapia intensiva em casos de emergência devem incluir idade inferior a 80 anos ou uma pontuação no Índice de comorbidade de Charlson que indicará quantas outras condições médicas o paciente tem…  “

O documento diz ainda: “O crescimento da epidemia atual torna provável que seja atingido um ponto de desequilíbrio entre as necessidades clínicas dos pacientes com COVID-19 e a disponibilidade efetiva de recursos intensivos.

Se for impossível fornecer a todos os pacientes serviços de terapia intensiva, será necessário aplicar critérios de acesso ao tratamento intensivo, que depende dos recursos limitados disponíveis“.

Acrescenta: “Os critérios estabelecem diretrizes se a situação se tornar de natureza excepcional, a fim de tornar as escolhas terapêuticas em cada caso dependentes da disponibilidade de recursos, forçando os hospitais a se concentrarem nos casos em que o custo / benefício relação é mais favorável para o tratamento clínico “.

Revista Sociedade Militar – https://www.telegraph.co.uk/

Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Mais acessados da semana

To Top