Forças Armadas

Extra: Saiba o que aconteceu realmente na tal “reunião” de Mourão com Flávio Dino, do PCdoB

O que aconteceu realmente na “reunião de Mourão com Flávio Dino, do PCdoB”

Nesse domingo o general Heleno disparou um twitter contra Cláudio Dino, governador do Maranhão. O ex-juiz, que é do PCdoB, é considerado um inimigo de Bolsonaro. O general fez uma postagem chamando-o de alienado, sonso, insensível e insensato.

Sexta-feira, 03 Abr, Flávio Dino, Gov (?) do Maranhão creditou ao Pres Bolsonaro os 300 óbitos do Covid 19. Sempre acreditei, pelo passado histórico, que comunistas são seres alienados, sonsos, insensíveis e insensatos. Atitudes como essa confirmam esse perfil.”, disse Augusto Heleno.

Quem viu o texto de Heleno no twitter logo relacionou a coisa ao tão noticiado “namoro” entre Dino e Mourão.

Entenda isso

Nesse final de semana um post feito por Carlos Bolsonaro levou muita gente a definitivamente crer que a família e assessores mais próximos de Jair Bolsonaro se sentem ameaçados, que acreditam realmente que Hamilton Mourão está conspirando com os “comunistas” para que o presidente da república seja derrubado.

Carlos é considerado a maior influência sobre o pai.

Todavia, o caso Mourão & Flávio Dino na verdade passa muito longe do que se fala por aí.

O vice-presidente é o líder do Conselho da Amazônia, do qual faz parte também, ex-officio, o governador do Estado do Maranhão.

Na semana passada o conselho da Amazônia se reuniu por meio de videoconferência. Logo após o evento o governador Cáudio Dino, esperto, soltou em entrevista publicada na Revista Época, uma fala que estrategicamente dava a entender que teria tido uma reunião particular com o vice-presidente e que teria sugerido que ele assumisse o controle do país.

“Tivemos uma reunião com diálogo técnico, respeitoso, sensato. Claro que Mourão não é do meu campo ideológico. Mas, se Bolsonaro entregar o governo para ele, o Brasil chegará em 2022 em melhores condições.”

Ainda na sexta-feira o vereador Carlos Bolsonaro mordeu a isca e disparou em seu twitter uma nota acusando Mourão de conspirar com comunistas para derrubar o governo de seu pai.

Não houve reunião particular entre Dino e Mourão, e muito menos ocorreu qualquer sugestão para que o vice assuma a presidência!

A reação precipitada de Carlos gerou uma enxurrada de artigos na imprensa e na grande rede apimentando uma já anteriormente colocada tendência de traição por parte de Mourão e reforçando sua imagem como de um administrador mais equilibrado, mais apto que Bolsonaro para administrar o Brasil.

Obviamente, nenhum veículo de comunicação fez qualquer esforço para explicar o fato, não houve uma mínima menção ao fato importantíssimo de a reunião ter sido realizada por videoconferência e entre vários governadores e o vice-presidente Hamilton Mourão, para tratar de questões relacionadas à Amazônia.

Repetindo, Mourão não se reuniu em particular com Flávio Dino e em nenhum momento da reunião Dino mencionou qualquer coisa sobre Bolsonaro “entregar o governo ” para o general Mourão.

Nesses últimos tempos a imprensa parece não conseguir captar muito bem o que realmente está acontecendo, há alguns dias tentaram dar corda em uma historinha de que Bolsonaro seria presidente de fachada, que o “presidente-operativo” seria Braga Neto. Agora, por causa de uma tuitada mal dada pelo Carlos, a grande mídia, gerou o maior bafafá.

Saiba a verdade e o que dizem sobre Braga Neto ocupar o “cargo” de PRESIDENTE OPERACIONAL do Brasil 

Robson Augusto, Militar RRm, jornalista, sociólogo – Revista Sociedade Militar

Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Mais acessados da semana

To Top