Forças Armadas

Americanos podem deixar o Afeganistão

Geopolítica – As autoridades americanas dizem que reduzirão o efetivo no Afeganistão para 8.600 soldados até 15 de julho desse ano e que abandonarão pelo menos cinco de suas bases. No entanto, não há perspectivas de paz no país e com isso muitos temem que o governo Trump possa na verdade acabar retirando totalmente as tropas, ainda que o TALIBAN permaneça em guerra com as forças regulares no país.

A deputada Liz Cheney, uma republicana do Wyoming diz que os Estados Unidos precisam manter presença militar e serviços de inteligência no Afeganistão para impedir que grupos extremistas como a Al Qaeda e a afiliada afegã do Estado Islâmico criem refúgios no país que acabarão, em sua visão, servindo com base para que ataquem os Estados Unidos.

“A retirada das tropas americanas do Afeganistão não terminará a guerra – apenas deixará os terroristas vencerem”, disse ela.

Alguns americanos se perguntam se o conhecido  acordo EUA-Taliban assinado em Doha, Catar, em 29 de fevereiro desse ano, que o governo Trump chamou de “um passo decisivo para alcançar uma paz negociada” na verdade não foi um acordo secreto onde os Estados Unidos teriam prometido abandonar totalmente o Afeganistão.

“o acordo EUA-Taliban foi algum tipo de negociação séria ou foi apenas uma folha de figueira para cobrir uma retirada detestavel? Eu suspeito que o último ”, diz Stephen Biddle, professor de assuntos internacionais e públicos da Universidade de Columbia.

Dados de ROBERT BURNS 

Revista Sociedade Militar

Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Mais acessados da semana

To Top