Forças Armadas

Célio Evangelista preso – Denúncia feita pela Revista Sociedade Militar em 2017 se comprova

Ainda em 2017 a Revista Sociedade Militar publicou várias postagens sobre o grupo comando da Intervenção. Algumas de fato chegaram ao CIE. Célio Evangelista ludibriava seus seguidores solicitando dinheiro para a implementação do que chamava de intervenção militar, inclusive vendendo um denominado “bônus intervenção” que dizia ser um documento endossado pelas Forças Armadas. O idoso, que ludibriava muitos se dizendo autor da Constituição Federal de 1988, tinha o costume de protocolar documentos solicitando o afastamento de líderes políticos e os apresentava a seus seguidores como decisões judiciais. O grupo de fato conseguiu arrebanhar pessoas sem a mínima condição de interpretar a realidade, enxergam no “líder” uma espécie de salvador da pátria dotado de poderes sobrenaturais e – o mais bizarro – alguns acreditam que é um extraterrestre.

Conseguiram reunir uma pequena multidão na “posse” de Célio na frente do comando do Exército em Brasília.

Evangelista chegou a enganar um coronel do Exército Brasileiro, que chegou a ir com ele até o Palácio do Planalto entregar um oficio “determinado” que Michel Temer entregasse para ele o governo.


Veja: CORONEL DO EXÉRCITO SE ENVOLVE EM BARRACO COM CÉLIO EVANGELISTA

O mais incrível de tudo é que EVANGELISTA possui milhares de seguidores fieis que o enxergam como um grande líder realmente capaz de salvar o país.

Veja o texto:O curioso caso de Célio Evangelista, o novo “presidente” do BRASIL

O Texto abaixo foi publicado e outubro de 2017

Por mais ridículo que a coisa toda possa parecer, temos que advertir aqui que existe página na internet solicitando doações para realização de INTERVENÇÃO MILITAR por meio de aquisição do que chamam de “bônus intervenção”, que seriam devolvidas em dobro após realizada a ação.

Como sempre haverá pessoas de boa fé que tendem a dar crédito para contos de “salvadores da pátria”, postamos abaixo algumas informações que ajudar a desmistificar mais esse conto do “vigário”.

As Forças Armadas não autorizam pessoas a receber dinheiro em seu nome e muito menos a propor negociações como “bônus de guerra”.

Note que o indivíduo usa até o endereço do Quartel General do EB no DF com o intuito de aumentar sua credibilidade. O site fornece dados completos de contas bancárias onde devem ser realizados os depósitos.

O texto recebido pela Revista Sociedade Militar diz, entre outras coisas:

O comando da intervenção, que é integrado às Forças Armadas, polícia federal … Ordem dos Advogados do Brasil… lanço o bônus no valor de R$ 1.500.000,00 (hum milhão e quinhentos mil reais) em diferentes frações de valor… A compra do “BÔNUS DA INTERVENÇÃO” a pessoa faz com depósito em uma dessas contas bancárias …

O link (http://comandodaintervencao.org/index.php/blog/item/378-apresentacao-de-governo) e imagem com as contas bancárias será encaminhado às autoridades competentes, as quais cabe avaliar se cabe medidas contra os autores de tal disparate. Como dissemos no começo desse texto, a coisa está no limiar do absurdo e até soa como brincadeira.

Veja OS DOCUMENTOS FALSOS DO BÔNUS INTERVENÇÃO

Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Mais acessados da semana

To Top