Forças Armadas

COVID-19 e o atendimento no Hospital Naval Marcílio Dias, no Rio de janeiro

Saúde Militar / Hospitais militares – A Revista Sociedade Militar tem recebido relatos de muitos militares e dependentes elogiando a belíssima atuação da equipe do Hospital Naval Marcílio Dias. Alguns chamaram a atenção para a separação criteriosa entre pacientes de COVID-19 e os acometidos por outras patologias/situações, o que tem deixado os usuários bastante tranquilos. O relato abaixo não poderia deixar de ser publicado, quem é militar sabe que é verdade. BZ equipe!

POR DEVER DE JUSTIÇA

Depois de três dias de convalescença em casa, após um longo período me tratando do Covid 19 (20 dias), consegui as condições pra escrever algo sobre o que vi e passei neste período. Este relato, que ora faço, tem como propósito, de forma singela, apresentar o meu agradecimento e reconhecimento à Marinha, ao Hospital Naval Marcílio Dias, ao seu Diretor (Dr. Cânfora) e a sua equipe de profissionais da DIP.

Depois de 3 idas à emergência de um dos melhores hospitais do RJ, onde fui tratado quase que sem empatia alguma, decidi que, no sábado (09MAIO20), às 21h, eu pegaria o meu carro no referido hospital e iria pro HNMD.

Fiz um contato prévio com o Diretor do HNMD, prezado amigo com quem pude servir na Divisão Anfíbia (no início dos anos 90) e no Haiti (2005), que me orientou a procurar imediatamente aquele hospital naval.
Dirigi com febre e prostrado, chegando ao HNMD às 22h15, tendo sido prontamente internado (procedimento padrão adotado com todos aqueles militares e dependentes que se encontram na situação em que eu me encontrava).

Imediatamente após à internação, o meu grau de desespero se reduziu, pois pude constatar o grau de empatia e dedicação da equipe de profissionais da DIP, sob as orientações do Dr. Túlio.
TODOS os médicos, enfermeiros e serventes daquele hospital, que participaram da minha SALVAÇÃO, foram espetaculares em todos os sentidos!!!

Em determinada ocasião, quando a minha taxa de oxigenação chegou a 90%, tendendo a baixar ainda mais, fiquei estressado e fui acalmado pelos enfermeiros (as), que dedicaram seu exíguo tempo à pronta melhora da referida taxa e a me acalmar. Cabe aqui ressaltar que muitos deles já tiveram o Covid 19, decorrente do exercício da profissão, inclusive os médicos, dentre eles o próprio Dr. Cânfora, segundo alguns profissionais da DIP.

Fui tratado com humanidade, profissionalismo e dedicação integralmente, assim como todos aqueles que lá estavam internados comigo, indiferentemente de posto / graduação ou se dependentes. ELES ESTÃO SALVANDO INÚMERAS VIDAS!!

Face ao exposto, agradeço a Deus, às autoridades navais que, tempestivamente após a manifestação da pandemia, desencadearam a Operação Grande Muralha, que está proporcionado às OS da MB as condições adequadas para o enfrentamento da crise.
Da mesma forma, o meu BZ ao HNMD, ao seu Diretor e a todos os profissionais da DIP!!
Na manhã do sábado passado, quando recebi alta, e o sol bateu nos meus olhos, já fora do prédio da DIP, eu olhei para trás e me senti orgulhoso de pertencer à instituição Marinha do Brasil e de fazer parte da família naval.
BZ Marinha do Brasil e BZ ao HNMD!!

Viva a Marinha! ADSUMUS
CMG – xxxxxxx
Obs: Recebemos de colaborador. O relato circula pelas redes sociais de militares da MB, mas ainda não conseguimos confirmar a autoria.

Revista Sociedade Militar

Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Mais acessados da semana

To Top