fbpx
Forças Armadas

AVIÃO VENEZUELANO tentaria INTIMIDAR a Força Aérea Brasileira. E agora?

Compartilhe

AVIÃO VENEZUELANO tentaria INTIMIDAR a Força Aérea Brasileira. Desmistificando mais uma armação.

A coisa está complicando. Fomos obrigados a tocar nesse assunto. A revista Sociedade Militar recebeu nessa quarta-feira nada menos que 170 mensagens informando que a Venezuela estaria invadindo o Brasil.

Para os militares a informação é “auto-descartavel”. Mas, ainda assim, em vista do número enorme de questionamentos por parte da sociedade comum e obvia impossibilidade técnica de isso ocorrer, tivemos o trabalho de questionar alguns amigos da aeronáutica sobre um vídeo que circula nas redes e que supostamente seria o registro de uma aeronave SU da força aérea de Nicolás Maduro.

Vejamos o vídeo e depois comentamos.

1 – Não existe torre de controle no meio da cidade de Boa Vista

2 – A cidade mostrada não é Boa Vista

3 – Nenhuma organização militar registra ocorrência por meio de celular, um evento desse tipo, principalmente tão perto de uma cidade, seria plotado na tela dos radares primários e secundários e jamais com uma “rodinha” em um vídeo de celular.

4 – A informação pode ser encarada como uma montagem infantil, feita por qualquer adolescente, que não se preocupou com qualquer detalhe como implantar sons e imagens que tenham pelo menos relação com a informação do título. Veja abaixo fotografias de telas de radar com alvos plotados.

radar fab venezuelano

5 – O avião mostrado no vídeo, embora relativamente longe, não se parece com um caça russo Sukhoi, que tem a parte de trás bem mais larga que os caças comuns. Aparentemente se trata de um Mirage.

6 – Observem esse vídeo, que data de 2010. De onde foi copiado o trecho (info de Orlando A. P. Westphal ).

7 – Por que motivo a VENEZUELA tentaria intimidar a FAB em uma ação suicida? O país já tem problemas demais para resolver e TODOS os oficiais das forças armadas bolivarianas, sabem que não há qualquer possibilidade de enfrentamento entre as forças dos dois países por um simples e obvio motivo: O Brasil é infinitamente superior em número de militares, armamento e população.

Alega-se que MADURO possui aeronaves Sukhoi e trata-se isso, equivocadamente, como se fosse fator que abalaria nossa superioridade em uma guerra.

Dizem que seu alcance é de 3000 km. Sim, pode até ser. Mas, e depois? Os pilotos seriam kamikazes? Obvio que não. Portanto, seu raio de ação é de, no máximo, 1500 km

E se fosse 3000 km o raio de ação? Percorreria todo o território brasileiro para atacar Brasília? Isso é algo inviável e praticamente impossível de ocorrer. O “percurso” de ida é volta, além de ser previsível, é bem guardado por instalações militares brasileiras e pelos E/R99, aeronaves de alerta aéreo antecipado.

Uma ação desse tipo entraria para a história militar como uma das maiores trapalhadas de todos os tempos.

Solicitamos que nosso leitor distribua o texto abaixo para aqueles que redistribuem tudo que lhes chega aos ouvidos, celulares e computadores. A sociedade brasileira tem que amadurecer e aprender a interpretar aquilo que se divulga nas redes sob pena de ser eternamente considerada infantil.

Tudo que você precisa SABER para não ser um IDIOTA ÚTIL da esquerda acreditando que MILITA em favor da DIREITA.

Todos os dias a Revista Sociedade Militar recebe centenas de informações por meio de emails, mensagem pelas redes facebook, twitter e whatsapp.  Esses dados fazem com que nossa equipe passe um tempo precioso consultando nossas fontes e atestando a veracidade dos dados. Podemos dizer com segurança que aproximadamente 80% das informações são falsas. Há um grupo cada vez maior de pessoas que ao invés de acrescentar unidade ao movimento que aos poucos está empurrando a esquerda para fora do governo, está na verdade criando brechas nesse grande exército. Vivemos um momento importante, talvez seja o clímax da batalha. Portanto, não seja ingênuo. Cuide para que seu amigos não se tornem agentes sabotadores sem perceber. A credibilidade e reputação de seu exército tem que ser defendida a qualquer custo.

CONTINUE a LER  

Revista Sociedade Militar

Compartilhe

Mais acessados da semana

To Top