Forças Armadas

Mais caças russos e chineses. Governo da VENEZUELA busca apoio dos militares e compra mais aeronaves mesmo dentro da pior crise já vivida pelo país.

Governo da VENEZUELA busca apoio dos militares e compra mais aeronaves mesmo dentro da pior crise já vivida pelo país.  

Querem mais aviões? Ok, vocês terão.  

venezuela compra mais aviões

Chaves concedeu reajustes seguidos para os militares, criou um sistema que concede empréstimos a juros mais baixos e até supermercados exclusivos para a família militar. Maduro manteve esses privilégios e tem procurado satisfazer os desejos de seus comandantes. Com isso o líder têm mantido as Forças Armadas sob controle. Contudo, não se sabe até quando a situação permanece sob controle. Essa semana o próprio líder da Assembléia Nacional disse à redes de TV que há comandantes e grupos dentro das Forças Armadas que conspiram contra o governo.

Alguns militares já desertaram e outros, como o general Angel Vivas, se mantém em constante oposição contra o governo bolivariano, dizendo ainda que as Forças Armadas estão infiltradas por militares cubanos.

Enquanto o Brasil aguarda a chagada dos primeiros Gripen para 2019, a Venezuela já adquiriu 23 unidades do Sukhoi 30 e, em seguida a queda de um deles, anunciou a compra de mais 12 unidades.

Além de outras armas, Maduro também recebeu recentemente 9 jatos chineses k8 e adquiriu 10 aeronaves de transporte Dornier 228-212.

Os k8 são aeronaves com velocidade limitada e baixo poder de fogo. Contudo, podem ser usadas com bastanet eficácia, pelas características, em treinamento e monitoramento de fronteiras

Visão sobre as aquisições da FANB

Qualquer militar sabe que uma guerra não se ganha apenas com aeronaves, muito pelo contrário. A superioridade terrestre é absolutamente indispensável. Diante da extensão territorial de nosso país e capacidade de detecção de alvos aéreos os caças Venezuelanos não pesam muito na balança que mede o poderio militar na América Latina.

Ainda assim, mesmo longe de ter superioridade militar na América Latina, o líder bolivariano não se furta a suas costumeiras bravatas.

Acredita-se que se o Brasil conseguir se livrar do governo do PT, o líder da Venezuela tenda a intensificar suas chacotas e bravatas provocativas contra, buscando receber alguma retaliação para, como é costume da esquerda, depois se fazer de vítima.

Maduro disse há poucos dias: “Se um país da América do Sul tiver questões militares para resolver com a Venezuela o trabalho certamente será muito difícil, se não impossível. A aviação bolivariana conta com “ferozes” caças russos Sukhoi Su-30MK2, sem concorrentes do mesmo patamar no continente.”

Revista Sociedade Militar

Mais acessados da semana

To Top