fbpx
Forças Armadas

“um extraterrestre”. Líder do grupo que decretou morte de Bolsonaro e Mourão diz que é de outro planeta, ele ofereceu 500 mil reais para cada mulher que o apoiasse

Compartilhe

“… a nossa cabeça vê as coisas de uma maneira que a cabeça de um terráqueo não enxerga… por isso que nós damos encaminhamento para o terráqueo… a terra encerrou seu crescimento de massa… e está na reta final da tridimensionalidade…

Seria cômico se não fosse trágico. Muito da situação dramática vivida no momento em nosso país se deve ao fato de que grande parte da sociedade brasileira possui completa incapacidade de interpretar a realidade, a ponto de não conseguir identificar como farsa algumas afirmações completamente absurdas, como as feitas pelo líder desse grupo, que se identificava como um messias e – pasmem – como um extraterrestre.   O “jurista” que lidera o grupo preso em Brasília nessa quinta-feira (21/05/2020) tinha milhares de seguidores. Eles vendiam o que chamavam de Bônus Intervenção, uma espécie de título por ele criado para arrecadar dinheiro. (entenda o caso Bônus Intervenção)


Já Conhecido em vários setores na justiça federal pelo excesso de documentos protocolados, Célio Evangelista usava os carimbos de recebido e números de protocolo para induzir pessoas ingênuas a acreditar que os documentos eram validos e que inclusive permitiam que ocupasse o cargo de presidente constitucional do Brasil.

No último documento Célio Evangelista convocava os seguidores para MATAR VÁRIAS pessoas. “para matarmos Jair Messias Bolsonaro, Hamilton Mourão, Dilma Rousseff, Rui Costa e outros…”


A facilidade com que – mesmo falando absurdos impossíveis de ser reconhecidos como lógicos – convencia pessoas a enxergá-lo como líder nos remete a lideres carismáticos suicidas do passado, como Jim Jones. Evangelista tem quase 10 mil seguidores fieis no Youtube e seus vídeos alcançam dezenas de milhares de visualizações.

Em um dos seus vídeos, arquivados pela Revista Sociedade Militar, Evangelista chega a dizer que é um extraterrestre.


Revista Sociedade Militar
Veja também: O curioso caso de Célio Evangelista, o novo “presidente” do BRASIL

Compartilhe
Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Mais acessados da semana

To Top