Forças Armadas

Presos devem fazer sexo entre eles mesmos, diz deputado federal

Como sempre, as declarações do deputado federal SARGENTO FAHUR arrepiam os cabelos do crânio e despertam o ódio da esquerda brasileira e defensores de direitos “humanos” em geral. Já ha o maior “bafafá” nas redes da comunidade LGBTE+RPIOJOIH%$#¨%$ comentando as declarações de FAHUR.

O deputado quer acabar com o direito a visita íntima para presos.

Ele disse ontem – 14 de fevereiro – nas redes sociais: ” Sou a favor do fim da visita íntima para presos e presas. Se querem fazer sexo que façam entre eles. Chega de dar moral e mordomias para quem não respeita a sociedade“.

“Que horror… mais um coiso no Congresso. Os presos também são gente…”, diz PXXXXX, em uma rede social no Rio de janeiro ao comentar a postagem do Sargento Fahur

O sargento-deputado não fala sem base, ele sabe exatamente quais os problemas causados pelo direito a visitas íntimas, entre eles o transporte de drogas, armas e celulares para dentro dos presídios além do fato de ordens de chefes de organizações criminosas serem transmitidas para o exterior por meio das companheiras e companheiros que entram e saem todas as semanas das instituições penais, como se se tratasse de motéis.

Fahur fez outra declaração nessa quinta-feira, que também gera discussão nas redes.

Bandido vivo gera violência, solto gera crime, preso gera despesa, ferido gera vingança, morto gera … PAZ.

Logo abaixo das postagem um homem diz: “É essa paz que vocês querem? Onde é preciso matar pra resolver? Sendo que é um problema gerado por um anterior? Se a raiz ta podre não adianta podar a árvore.”

Fahur diz exatamente aquilo que seus eleitores pensam. Se continuar assim corre o “risco” de se tornar um novo BOLSONARO dentro do Congresso Nacional. Afinal a sociedade precisa de parlamentares que tenham a coragem de realmente representar quem os colocou lá.

Robson / Revista Sociedade Militar

Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Mais acessados da semana

To Top