fbpx
Forças Armadas

Graduados das Forças Armadas se organizam em busca de reparação judicial e Exército reforça Procuradoria da União com subsidio de oficiais-“advogados”

Compartilhe

Cansados de tentar a solução de problemas por vias administrativas muitos graduados das Forças Armadas já se organizam em grandes grupos e se reúnem com advogados com o objetivo de alcançar progresso em demandas já exaustivamente buscadas por vias administrativas.

Segundo advogados consultados pela Revista Sociedade Militar, recentemente ocorreram reuniões com militares do Exército e Aeronáutica em Minas Gerais e São Paulo.  A Revista foi informada ainda que militares da Marinha estão se organizando em estados do nordeste, já buscando advogados e meios de ingressar contra a força naval.


Imagem/ reunião ocorrida em 07/01/2019 cedida pelo Dr Cláudio Lino Tel: 19 98242-8944

Uma nota publicada pelo Exército deixa bem obvio que a quantidade de processos judiciais contra a força terrestre está cada vez aumentando, que isso obrigou a contratação de oficiais temporários e até a implementação de uma espécie de convênio entre oficiais do Exército Brasileiro e a Procuradoria da União.

“Centralização de assuntos jurídicos aumenta o foco na Defesa da União”, é o título da nota do Exército.

(…) O número de militares na área de contencioso jurídico aumentou após a contratação de Oficiais Técnicos Temporários com graduação e especialização na área de Direito… Para esclarecer as peculiaridades da vida na caserna e assessorar na defesa de temas relacionados ao Exército, foi criada na Procuradoria da União no Paraná, uma equipe de Advogados da União dedicados exclusivamente aos processos judiciais das Forças Armadas (ESE MILITAR). O objetivo do grupo é otimizar o fornecimento de subsídios para a defesa, aumento as possibilidades de êxito nas ações na jurisdição da 5ª RM. A criação da ESE MILITAR consolida a estratégia de defesa dos processos a partir das tratativas e relações interinstitucionais entre o Comandante da 5ª RM e o Procurador Chefe da União no Paraná (…)

Revista Sociedade Militar

Compartilhe
Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Mais acessados da semana

To Top