fbpx
Forças Armadas

Memorando de INTELIGÊNCIA mostra que já em 2013 – no governo DILMA – INTERVENCIONISTAS eram monitorados

Compartilhe

Um documento obtido pela Revista Sociedade Militar mostra que em 2013, muito antes do crescimento vertiginoso do apoio à Intervenção Militar, serviços de inteligência já monitoravam grupos que pediam a ação das Forças Armadas para fechamento do Congresso Nacional e Supremo Tribunal Federal. As redes sociais e demais formas de interação dos grupos eram vigiadas e as instituições de segurança estavam bem informadas sobre projetos e locais de reunião de cada grupo.

O Memorando 0427 de 3 de setembro de 2013 advertia sobre a possibilidade de conflitos envolvendo grupos de esquerda que poderiam se indignar e reagir por conta de imagens utilizadas e palavras de ordem dos manifestantes adeptos da intervenção militar que iam se manifestar durante a parada militar do 7 de setembro. O memorando faz alusão a uma imagem que conteria “ameaça ao grupo BLACK BLOC”

O documento dizia: “Dados chegados a esse OI (órgão de inteligência) dão conta que estariam sendo planejados atos durante as comemorações pelo dia 7 de setembro…”

O documento lista também uma série de grupos que pretendiam se manifestar, como o FÓRUM DE LUTAS e FÓRUM INDEPENDENTE POPULAR e  menciona onde o grupo que pedia intervenção militar ia se posicionar – “na arquibancada em frente ao Pantheon de Caxias” –  e adverte: “ imagens que podem provocar animosidade”

Revista Sociedade Militar

Compartilhe
Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Mais acessados da semana

To Top